Pela primeira vez, Manaus receberá sinalização turística para o sistema de transporte público. Serão totens em mais de 200 paradas de ônibus da cidade e plataformas do BRS (Bus Rapid Service). A previsão é de que, no fim de abril, 13 deles sejam implantados no eixo das avenidas Constantino Nery, Torquato Tapajós e Santos Dumont. A primeira etapa – que vai até junho – contempla 89 totens instalados em plataformas do BRS e paradas de ônibus que compõem o Quadrilátero da Copa.

Os totens terão informações bilíngue (português e inglês) e serão integrados ao sistema de código em 2D, o QR Code, que direciona o usuário a dados de determinado local por meio de um link digital. O código terá conteúdo sobre os pontos turísticos como, por exemplo, localização e histórico.

O diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula, explicou que a ação é uma iniciativa conjunta entre órgãos municipais e estaduais e busca não somente atender aos visitantes, mas a própria população. “A cidade só será boa para o turista se for boa para seus habitantes. A nova sinalização contemplará os moradores para que eles conheçam os espaços que existem na cidade, com informações sobre a história da capital e atrativos locais. O conteúdo chegará a todos, por isso também a utilização do QR Code e sua futura disponibilização em Braille”.

 

Estrutura

Os totens serão fixados nas paradas do transporte público e terão 2,30m de altura. Cada ponto de ônibus terá as informações acessíveis às zonas mais próximas tanto para quem embarcar, quanto para quem desembarcar em determinado local. Além dos atrativos da cidade, também haverá conteúdo relacionado à infraestrutura, saúde (hospitais e pronto atendimento), segurança (delegacias e postos de atendimentos) e demais serviços.

As placas terão cores padronizadas com pictogramas internacionais, que são ícones gráficos simplificados que permitem a identificação de determinado conceito, para facilitar a assimilação dos usuários e as diretrizes técnicas das normas e demais especificações do Código de Trânsito Brasileiro e do Ministério do Turismo.

A sinalização vai permitir a orientação dos usuários regulares do transporte público e visitantes até o destino desejado, de maneira eficiente e segura, com base em informações precisas e confiáveis. “A necessidade de implantação desses totens é emergencial, não só devido à Copa do Mundo, mas para adequar Manaus às novas propostas da gestão municipal. Precisamos colocar nossa cidade à altura do novo ciclo de visibilidade internacional e econômico que estamos vivendo, ajustando-a as novas exigências mundiais”, disse Monteiro de Paula.

 

Primeira etapa

A primeira etapa do projeto contempla a implantação de 89 totens nos pontos de BRS, sendo 42 deles nos corredores das avenidas Constantino Nery, Torquato Tapajós, Max Teixeira, Noel Nutels, Camapuã, Autaz Mirim e Alameda Cosme Ferreira. As outras 47 placas serão alocadas nas paradas de ônibus do terminal central e ao longo das avenidas Floriano Peixoto, Leonardo Malcher, Tapajós, Epaminondas, Getúlio Vargas, Dom Pedro, Turismo, Santos Dumont e Djalma Batista. Até o segundo semestre deste ano, as demais placas serão fixadas em todas as zonas da cidade.

 

Projeto em parceria

Com recursos do Ministério do Turismo, repassado pela Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), o projeto foi idealizado e desenvolvido pela Manauscult, em parceria com a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb), responsável pelo direcionamento das dimensões dos totens; Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), Secretaria Municipal do Centro (Semc) e Secretaria de Estado da Cultura (SEC), ambos responsáveis pelo levantamento dos pontos no Centro Histórico.

A verba será financiada via Caixa Econômica Federal. O valor total do projeto nas paradas de ônibus é de R$ 297.484,73. Além deste sistema, Manaus também receberá sinalização aérea e vertical bilíngue, que será executado pela Amazonastur e pelo Manaustrans.

Informação acessível

As informações do QR Code serão direcionadas por meio de smartphones para o site da fundação, que será lançado também até o fim do mês de abril. Além do site, será disponibilizado um aplicativo nas plataformas Android e iOs com conteúdos integrados ao site. A Manauscult também está articulando para que as informações dos totens sejam disponibilizadas em Braille.


Equipe Viva Manaus