Foto: Divulgação / Manauscult 01 Filme - Rio Cigano - MOSTRA COMPETITIVA - DIVULGAÇÃO

Manaus vai receber, de 24 a 29 de novembro, a 9ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul. Realizado nas 26 capitais do Brasil e no Distrito Federal, o evento tem como proposta a divulgação de filmes realizados na América Latina sobre o tema.

A mostra será no Les Artistes Café Teatro, localizado no Centro e um dos espaços culturais da cidade sob a gerência da Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). No local, serão exibidas 31 obras com classificação a partir de 12 anos. A entrada é gratuita.

Este ano, a mostra abriu oportunidade a filmes de todo o hemisfério – privilegiando neste conceito a sua concepção geopolítica à física. Os 31 filmes desta edição estão divididos em três seções: Mostra Competitiva, Mostra Memória e Verdade e Mostra Homenagem: Lúcia Murat, uma das poucas cineastas brasileiras que estiveram profundamente envolvidas com os movimentos políticos de resistência ao golpe. Presa em 1971, levou suas experiências com a tortura e o encarceramento para as telas na carreira que viria a desenvolver após o fim da ditadura.

Produzida pela Universidade Federal Fluminense, através do Departamento de Cinema e Vídeo, com o apoio da CTAv, EBC e patrocínio da Petrobras, a Mostra é uma realização da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, em parceria com o Ministério da Cultura (MinC), e o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

“Inserir o contexto social em obras de audiovisual também é uma oportunidade de fomento à cultura e à inclusão, uma vez que os filmes retratam situações da realidade as quais nosso continente vive. É importante um olhar mais atento e cuidadoso para esta região, especialmente pelas suas histórias de lutas dentro deste contexto. Manaus recebe um evento grandioso e é necessário prestigiar atividades como esta, valorizando mais nossa região e nossa realidade”, afirmou o diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula.

Compõem a Mostra Competitiva 24 obras audiovisuais realizadas na América Latina, Ásia e África que se destacaram entre as 238 inscritas. São filmes de curta, média e longa-metragem, documentais ou de ficção, diferenciados não apenas por sua linguagem audiovisual, mas pela maneira pela qual suas formas conseguem por em cena diferentes questões relacionadas aos Direitos Humanos.  Alguns deles já consagrados em festivais, outros ainda inéditos no Brasil, as produções desta mostra lidam com diferentes universos, abrangendo uma pluralidade de formas de existência do ser humano.

 Diversidade de obras

 Este ano, a 9ª Mostra obteve um aumento na diversidade dos filmes selecionados – não apenas das histórias trazidas, mas também com a variedade das origens de tais obras. Ao trazer filmes de locais tão diferentes entre si, tais como Argentina, Egito, Índia ou Jordânia, a Mostra convida os espectadores a conhecerem diferentes culturas e modos de perceber o mundo, que enriquecem e democratizam o debate em torno das questões dos Direitos Humanos.


PROGRAMAÇÃO

24/11 (SEGUNDA-FEIRA):

19h30 – Sessão de Abertura

“Que Bom Te Ver Viva” (Brasil, 1989), de Lúcia Murat

 

25/11 (TERÇA-FEIRA):

14h – Mostra Competitiva (com audiodescrição)

“Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” (Brasil, 2014), de Daniel Ribeiro

“Sophia” (Brasil, 2013), de Kennel Rógis

 

16h – Mostra Lúcia Murat (com audiodescrição)

“Uma Longa Viagem” (Brasil, 2011), de Lúcia Murat

 

18h – Mostra Memória e Verdade (com audiodescrição)

“Cidadão Boilesen” (Brasil, 2009), de Chaim Litewski

 

20h – Mostra Competitiva

“A Morte de Jaime Roldós” (Brasil, 2013), de Lisandra I. Rivera e Manolo Sarmiento

 

26/11 (QUARTA-FEIRA):

14h – Mostra Competitiva – Sessão Escola

“Growing” (Jordânia, 2013), de Tariq Rimawi

“Requília” (Brasil, 2013), de Renata Diniz

“Galus Galus” (Venezuela, 2013), de Clarissa Duque

“Meu Amigo Nietzsche” (Brasil, 2013), de Fáuston da Silva

“Sanã” (Brasil, 2013), de Marcos Pimentel

“Quilombo da Família Silva” (Brasil, 2012), de Sérgio Valentim

 

16h – Mostra Competitiva

“Ameaçados” (Brasil, 2014), de Júlia Mariano

“Mohamed Mahmoud… Herald dos Revolucionários” (Egito, 2012), de Ines Marzouk

“Mataram Meu Irmão” (Brasil, 2013), de Cristiano Burlan

 

18h – Mostra Lúcia Murat

“Doces Poderes” (Brasil, 1997), de Lúcia Murat

 

20h – Mostra Memória e Verdade

“O Dia em que Dorival Encarou a Guarda” (Brasil, 1986), de Jorge Furtado e José Pedro Goulart

“Ação Entre Amigos” (Brasil, 1998), de Beto Brant

27/11 (QUINTA-FEIRA):

14h – Mostra Lúcia Murat (com debate)

“Brava Gente Brasileira” (Brasil, 2000), de Lúcia Murat

 

18h – Mostra Competitiva – Sessão Escola

“O Mercado de Notícias” (Brasil, 2014), de Jorge Furtado

“6 Cups of Chai” (Índia, 2014), de Laila Khan

 

20h – Mostra Competitiva

“Tejo Mar” (Brasil, 2013), de Bernard Lessa

“Cesó La Horrible Noche” (Colômbia, 2013), de Ricardo Restrepo

“Polinter” (Brasil, 2012), de Dafne Capella

 

28/11 (SEXTA-FEIRA):

13h – Mostra Memória e Verdade (com debate)

“Setenta” (Brasil, 2013), de Emilia Silveira

 

18h – Mostra Competitiva

“Tomou Café e Esperou” (Brasil, 2013), de Emiliano Cunha

“A Vizinhança do Tigre” (Brasil, 2014), de Affonso Uchoa

 

20h – Mostra Competitiva

“Jessy” (Brasil, 2013), de Paula Lice, Rodrigo Lima e Ronei Jorge

“YvY Maraey, Tierra Sin Mal” (Bolívia, 2013), de Juan Carlos Valdivia

 

29/11 (SÁBADO):

13h – Mostra Competitiva

“La Jaula de Oro” (México, 2013), de Diego Quemada-Díez

 

16h – Mostra Competitiva

“As Crianças de Chocó” (Colômbia, 2014), de Rolando Vargas

“Rio Cigano” (Brasil, 2013), de Julia Zakia

 

18h – Programa Inventar

“Pelas Janelas” (Brasil, 2014), de Carol Perdigão, Guilherme Farkas, Sofia Maldonado e Will Domingos

“Filmes Carta” (Brasil, 2014)

 

20h – Mostra Memória e Verdade

“Cabra Marcado Para Morrer” (Brasil, 1984), de Eduardo Coutinho

 

 

Serviço 

O quê: 9ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul (MCDHHS)
Quando: 24 a 29 de novembro de 2014
Onde: Les Artistes Café Teatro, na Av. Sete de Setembro, 377 – Centro


Equipe Viva Manaus

Comentários