Ateliê Hadna Abreu ministra oficinas de aquarela

Inaugurado este ano pela artista visual Hadna Abreu, o ateliê que carrega o mesmo nome da criadora realiza esta semana suas primeiras atividades voltadas ao público. Desde esta segunda, 8, até a quinta-feira, 11, a artista ministra duas oficinas de aquarela, que contam com o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

Vinte e quatro pessoas participam das oficinas, que são gratuitas e funcionam como contrapartida ao Prêmio Manaus de Artes Visuais, lançado em 2014 pela fundação. Hadna Abreu foi uma das contempladas no edital com o projeto “Imaginarium”, exposto atualmente na I Mostra Manaus de Artes Visuais, em cartaz no Paço da Liberdade, Centro, até o dia 13 de junho. “O número de vagas, que é de 12 pessoas por turma, é para que eu possa dar uma atenção individualizada a cada participante”, ressalta Hadna Abreu.

Nas oficinas, a artista pretende compartilhar conhecimentos básicos sobre a aquarela, visto que se trata de uma das técnicas mais utilizadas em sua obra. Na primeira delas, “Aquarela Experimental: Pigmentos Naturais”, que começou na segunda, 8, e se encerra nesta terça-feira, 9, Hadna se volta sobre conhecimentos básicos dessa técnica, além de apresentar alternativas de pigmentos naturais e outras tintas.

Já a partir de nesta quarta-feira, o ateliê recebe a oficina “Aquarela e as Palavras: Sensibilidade de Criação”, também ministrada por Hadna. Desta vez, o objetivo é unir a arte da pintura à palavra, numa espécie de experimentação sensitiva em que o uso da poesia conduz à composição de cores.

A meta de Hadna Abreu é que essas sejam apenas as primeiras oficinas de uma série de aulas que a artista vai oferecer. A programação será divulgada em breve no site do ateliê, no endereço http://www.ateliehadnaabreu.com/. O Ateliê Hadna Abreu está localizado na Rua Clarindo de Queirós, 52, no bairro São Francisco.

 

X