Conselho Municipal de Cultura apresenta novos conselheiros

Foto: Mário Oliveira Conselho Municipal de Cultura

Os oito novos titulares eleitos para o Conselho Municipal de Cultura (Concultura) tomaram posse de suas respectivas cadeiras na noite desta quinta-feira, 2 de julho, em cerimônia realizada na Academia Amazonense de Letras, no Centro.

Na solenidade, o vice-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), José Cardoso, destacou a autonomia do Concultura e o papel do conselho na sociedade. “O Conselho é um agente fundamental para a cultura na nossa cidade, pois é formado democraticamente por representantes de cada segmento artístico e que estarão unidos para ajudar na construção de políticas públicas na área cultural e artística”, disse.

O presidente do Concultura, o escritor Márcio Souza, explicou que o trabalho dos conselheiros exige formação e dedicação para se discutir a cena cultural na cidade. “Nosso trabalho é promover o resgate cultural, por meio do debate de problemas ligado à área. O conselho é plural e é preciso que cada profissional compreenda não só o seu, mas os outros segmentos artísticos”, destacou.

Um dos conselheiros eleitos, Eledilson Correa Dias, titular da cadeira de Cultura Étnica, ressaltou a importância da participação da sociedade civil no conselho. “Sempre tive o sonho de representar o povo indígena. Além disso, fico feliz em saber que também vou representar minorias como as comunidades quilombolas e outras”, afirmou.

Os novos conselheiros foram eleitos em pleito realizado no dia 22 de maio, que contou com 16 candidatos às vagas e a participação de 418 eleitores aptos a votar. A comissão eleitoral foi formada por servidores do Concultura e da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). Além dos oito titulares, mais cinco suplentes foram classificados na eleição. Cada uma das oito cadeiras que compõem o Concultura representa um segmento cultural: dança, artes visuais, música, teatro, cultura étnica, cinema e vídeo, projetos especiais e literatura.

Entre os projetos desenvolvidos pelo conselho, um dos destaques é o “Memória Reencontrada”, que já promoveu a restauração de filmes clássicos do cinema amazonense, como “No Paiz das Amazonas”, de Silvino Santos, e a publicação de livros sobre mitologia indígena e imigrantes italianos no estado.

Confira abaixo a relação dos conselheiros que foram empossados:

LITERATURA – Titular: Benayas Ignácio Pereira / Suplente: José Herculano da Nóbrega

CINEMA E VÍDEO – Titular: Paulo Cezar da Rocha Freire / Suplente: Leonardo de Matos Costa

MÚSICA – Titular: Josenor Rocha de Oliveira

TEATRO – Titular: Michel da Silva Guerreiro

PROJETOS ESPECIAIS – Titular: Marieny Matos Nascimento

DANÇA – Titular: Verlene Ferreira Mesquita / Suplente: Anderson Mendonça Batista

CULTURA ÉTNICA – Titular: Eledilson Correa Dias / Suplente: Lamartine Silva

ARTES VISUAIS – Titular: Rosimeire da Conceição Anjos / Suplente: Aníbal Augusto Turenko Beça

 

Comentários
Mostrar botões
Esconder botões
X