Atrativos turísticos e gastronomia locais foram ‘temperos’ para o sucesso do MasterChef Brasil em Manaus

Foto: Márcio James Masterchef Brasil em Manaus

O prefeito Arthur Virgílio Neto  atribuiu o sucesso da edição do MasterChef Brasil gravada em Manaus e exibida nesta terça-feira, 4, no reality, na Bandeirantes, ao potencial turístico e gastronômico da cidade. O programa alcançou o índice de 9,2 pontos no Ibope e ficou cerca de 30 minutos em primeiro lugar na audiência brasileira.

“Não tenho dúvida de que todos as viabilidades turísticas,  gastronômicas e as relacionadas à biodiversidade colaboraram para que o programa tivesse esse imenso sucesso. Tenho certeza que despertou a curiosidade de muitos brasileiros em conhecer Manaus”, destacou Arthur.

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos, Bernardo Monteiro, destacou a importância das parcerias para atrair cada vez mais visitantes para a capital amazonense.

“Quando se fala em Manaus, se desperta uma curiosidade natural nas pessoas. Por isso, afirmo que esse desejo em conhecer nossa cidade  elevou a audiência do programa. Vamos buscar novos parceiros, como este para atrairmos cada vez mais turistas” explicou Bernardo.

Para os chefs amazonenses que participaram do programa, o apoio da prefeitura foi essencial para a realização do programa e consequentemente bom para a cidade. O chef Thiago Santana, do Ferrugem Rock Gourmet, atribuiu o sucesso à presença do chefe Felipe Schaedler, referência nacional da gastronomia amazônida.

“Nosso estado é riquíssimo em ingredientes, que foram apresentados pelo chef Felipe Schaedler, um ícone da nossa gastronomia e isso atrai a atenção de quem gosta do assunto. Agora, o fato da prefeitura ter realizado a feira gastronômica, o Mercado, com a presença do Chef Henrique Fogaça, fez com que a cidade tivesse um interesse enorme no programa e, somado ao episódio em casa , pode-se dizer que colaboramos muito para esse índice de audiência”, disse o chef Thiago Santana.

Felipe Schaedler, chef do restaurante Banzeiro, foi quem apresentou ingredientes da gastronomia local no Mercado Municipal Adolpho Lisboa aos participantes do programa.

“Foi a primeira vez que se fez uma grande produção sobre nossa gastronomia apresentando nosso peixes, nosso temperos e o nosso mercado. O Brasil está interessado. Por isso, foi melhor que episódios gravados em estúdio”, disse o chefe.

Selma Reis é a chef do Bistrô Zefinha, e como profissional do ramo gastronômico, se mostrou contente com a repercussão do programa, que, segundo ela, deve trazer bons resultados para a cidade.

“Na última década, a gastronomia está voltada aos sabores da Amazônia, por serem exóticos e diferentes, alidos à beleza da nossa terra, o que chama a atenção do Brasil. A grande sacada desse trabalho deve-se ao apoio da prefeitura, que não vai ser bom somente para quem trabalha com gastronomia, mas para toda a cidade que ira receber mais turistas”, disse a chef.


Matéria: Ulysses Marcondes

 

X