Paulo Nery é o homenageado da Academia Amazonense de Letras nesta quarta-feira

Foto: Divulgação Paulo Nery é o homenageado da Academia Amazonense de Letras nesta quarta-feira

A Academia Amazonense de Letras (AAL) realiza, nesta quarta-feira, 7, às 19h, o projeto “Sarau na Academia”, cuja proposta é homenagear a vida e a obra de acadêmicos já falecidos. Desta vez, o escolhido foi o acadêmico Paulo Pinto Nery. O evento tem o apoio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e acontece toda primeira quarta-feira do mês, na sede localizada na rua Ramos Ferreira, nº 1009, Centro. A entrada é gratuita.

Paulo Pinto Nery faleceu em 1994. Advogado, exerceu o cargo de juiz de direito,  foi professor e político, chegando a ser governador do Amazonas, após a renúncia de José Lindoso, em 1982. Pertenceu à Academia Amazonense de Letras, onde ocupou a cadeira de número cinco, cujo patrono é Araújo Filho.

No evento desta quarta-feira serão feitas declamações de poesias pela promotora de justiça Anabel Mendonça e também pelos jornalistas Issac de Paula e Arthemisa Gadelha. Ketlen Nascimento, Hêmily Lira, Cileno e Humberto Vieira farão as apresentações musicais. Caso estivesse vivo, Paulo Nery estaria completando 100 anos de idade.

“É muito bom poder participar de um projeto como esse, tão raro nesses dias. O ‘Sarau da Academia’ resgata essa parte tão bonita e tão singela da nossa literatura. O evento homenageia aqueles que contribuíram com a nossa história e nossa literatura, além de revelar novos talentos. Será uma noite de muita sensibilidade e poesia, até  porque faremos uma homenagem a Manaus, pelo seus 346 anos. Será um brinde a nossa história”, afirmou a jornalista Arthemisa Gadelha.

Texto: David Batista

Comentários

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões
X