Foto: Manauscult ASS (2)

A campanha de arrecadação de “bichinhos de pelúcia” da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) para atender às necessidades dos filhotes órfãos de animais silvestres do Refúgio da Visa Silvestre Sauim Castanheiras, ganhou um reforço nesta quinta-feira, 3, quando a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) resolveu entrar na campanha em instalar um ponto de doação no Parque Cidade da Criança, bairro do Aleixo.

Os bichinhos de pelúcia são destinados, sobretudo aos filhotes de preguiça, macaco e tamanduá para que sintam-se mais seguros e protegidos.
Os filhotes mantêm-se agarrados aos “bichinhos de pelúcia” como se estivessem ligados às suas mães. Segundo a gestora do Parque Cidade da Criança, Socorro Andrade, a campanha é um incentivo importante para as crianças sentirem-se estimuladas a preservar a fauna silvestre, na medida em que faz a doação de um brinquedo usado que vai fazer um animal feliz.

A chefe da Divisão de Áreas Protegidas da Semmas, Socorro Monteiro explica que o “bichinho de pelúcia” é um instrumento que simula afeto, proteção e carinho da mãe, além da manutenção da temperatura do filhote.

Atualmente, o Refúgio da Vida Silvestre Sauim Castanheiras mantém 11 filhotes acolhidos e em tratamento, depois de terem sido resgatados ou entregues na Unidade de Conservação. Desde o início da campanha, no dia 18 de novembro, até agora, 19 “bichinhos de pelúcia” foram entregues.

Os interessados em apoiar a campanha podem também fazer a doação na sede da Semmas, localizada na rua Rubídio, 288, na Vila da Prata (por trás da Escola Municipal Joaquim Gonzaga), em horário comercial.

O Parque Cidade da Criança fica na Avenida André Araújo, ao lado da Samu. Uma caixa para recebimento das doações foi instalada na administração, próximo da entrada.


Equipe Viva Manaus