Companhia italiana apresenta no Brasil aula-espetáculo ‘As Técnicas da Comunidade’

Nesta quinta-feira, dia 17 de março, às 19h30, no Espaço das Cias. (rua Dona Libânia, nº 300, Centro, zona sul), a companhia italiana Teatro Laboratorio Isola di Confine apresentará a sua primeira atividade em Manaus: a aula-espetáculo “As Técnicas da Comunidade”. A entrada é gratuita. A aula-espetáculo é uma ação pedagógica cultural voltada para a comunidade artística local, especificamente para os alunos dos cursos de Teatro e de Dança.

A atividade terá carga horária de 1 hora e 30 minutos e será ministrada pelo diretor-artístico da companhia italiana, Valerio Apice, juntamente com os atores e músicos do Teatro Laboratorio Isola di Confine: Marika Gatto, Giullia Castellani, Davide Tassi, Gian Domenico Ceccarini e Francesco Brozzetti.

Segundo Valerio Apice, o objetivo é fazer, por meio das experiências vivenciadas pela companhia na Europa, com que os participantes da aula-espetáculo desenvolvam uma reflexão entre teatro e comunidade, analisando temas como “Comunidade Criativa” e “Técnicas de Performance”.

Ele conta que a sua companhia desenvolve projetos e eventos que apoiam atividades artísticas e pedagógicas direcionadas às comunidades com as quais eles convivem na Itália, como o projeto “O Teatro Vai à Escola”, que envolve 600 estudantes a cada ano. “O Teatro é um instrumento de relação, um espaço de encontro e de confronto”, ressalta o ator e diretor.

A aula-espetáculo também terá projeções dos vídeos “Teatro senza Età” (“Teatro sem Idade”), com o qual será discutido o fazer teatral para pessoas da terceira idade, e “Volti del Futuro… Nel Mio Paese” (“História e Encontros da Banda de Pulcinella em Úmbria até a Dinamarca”). “A aula-espetáculo será um espaço onde as exibições de vídeos, fragmentos de cantos, danças e performances serão compartilhadas com os participantes e protagonistas. Será também uma análise do espetáculo contemporâneo”, resume Valerio Apice.

Intercâmbio artístico – A atividade integra a programação do projeto “Ritmo da Máscara – Intercâmbio com o Teatro Laboratorio Isola di Confine”, que foi contemplado com o Prêmio Manaus Conexões Culturais 2015 da Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). O evento conta também com o apoio do Hotel Saint-Paul, Regionne Umbria, Comune Marsciano, Comune San Venanzo e Espaço das Cias.

O projeto foi criado foi criado em 2015, pela Cia. de Intérpretes Independentes, dirigida pelo encenador coreográfico Ricardo Risuenho, do Brasil, com a colaboração da atriz e produtora Nyvea Karam, de Minas Gerais, e que realiza um intercâmbio artístico com o Teatro Laboratorio Isola di Confine, dirigida pelo ator e diretor Valerio Apice, da Itália.

Risuenho explica que o projeto surgiu da necessidade da Cia. de Intérpretes Independentes de ampliar o seu conhecimento, que, até então, era restrito sobre a máscara teatral e a Commedia dell’Arte, uma das principais referências de trabalho da companhia italiana, que tem sede em Úmbria e que desenvolve suas atividades tanto em âmbito local quanto nacional, sendo formada por atores, músicos e estudiosos do Teatro, especialistas no uso da máscara teatral e na técnica de improvisação.

“Através de uma parceria com a produtora cultural Nyvea Karam, que, no ano passado se encontrava na Itália, e acabou fazendo a ponte entre a Cia. de Intérpretes Independentes e o Teatro Laboratorio Isola di Confine, conseguimos formatar esse projeto, que resultou na nossa ida para a Itália, na primeira etapa, e agora a vinda dessa companhia italiana, nesta segunda etapa, para o Brasil”.

Etapas – A primeira fase do projeto foi realizada no ano passado com a ida da Cia. de Intérpretes Independentes para a cidade de Marsciano, na região da Úmbria, na Itália, onde aconteceram oficinas, mesas-redondas e apresentações dos espetáculos “A Vida Começa pela Memória” e “Réquiem para Dois”, ambos concebidos por Ricardo Risuenho. Todas as atividades obtiveram grande sucesso de público e de crítica na Itália.

A segunda fase do projeto inicia no próximo dia 16 (quarta-feira) e se estenderá até o dia 23 (quarta-feira), em Manaus, com todas as atividades sendo realizadas no Espaço das Cias. (rua Dona Libânia, nº 300, Centro, zona sul). Além da aula-espetáculo “As Técnicas da Comunidade”, a segunda fase do projeto traz a Manaus o espetáculo “Don Giovanni in Soffitta”, o concerto-espetáculo “Ritmo da Máscara” e a oficina de teatro intitulada “Entre Don Giovanni e a Commedia dell’Arte”.

Comentários

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões
X