Permissionários do Tupé terão curso para as Olimpíadas

Foto: Ingrid Anne/Manauscult Praia do Tupé - Manaus/AM

Trabalhadores da Comunidade do Livramento, localizada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Tupé, participarão a partir do próximo dia 14 do curso de “Inglês Intensivo para as Olimpíadas”. As aulas serão ministradas exclusivamente para os permissionários que atuam dentro da RDS.

O curso é uma iniciativa da Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), e será ministrado pela Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), com o apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

O diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula, ressalta que a demanda surgiu da própria comunidade e destacou que este será o primeiro de outros três cursos que deverão ser realizados em parceria com a Espi e a Semmas.

“O trabalho de forma integrada permite esse tipo de ação que, neste primeiro momento, vai atender até 40 alunos. Será um mês intensivo de aula, com uma programação voltada para rotina desses permissionários, garantindo qualificação para os trabalhadores e desenvolvimento para o turismo local”, destacou Bernardo.

O curso será ministrado pela instrutora da Espi, Selma Silveira Spellen, que também foi instrutora do projeto Copa do Mundo 2014. No plano de ensino, o conteúdo inclui cumprimentos e saudações, formas básicas de atendimento ao turista, apresentação da Praia do Tupé incluindo fauna e flora, no comércio venda e como fazer compras além do artesanato e elaboração do cardápio bilíngue.

O gestor da RDS do Tupé, Elves Haeser, destacou que o curso é uma necessidade da comunidade que solicitou sua realização, apresentando uma demanda inicial de 35 permissionários da Comunidade do Livramento. Após isso, o curso poderá ser realizado em outras comunidades a partir de novas iniciativas.


Texto: Mônica Figueiredo

Comentários

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões
X