Manaus é destaque em revista internacional

Foto: Ingrid Anne/Manauscult

A cidade de Manaus ganhou destaque em matéria especial na edição de novembro da “American Way”, a revista de bordo da companhia de aviação norte-americana American Airlines. A “American Way” é a principal publicação da American Airlines, com uma tiragem mensal de 700 mil exemplares, que circulam em todos os vôos da empresa no mundo.

O tema amazônico saiu com destaque na revista que dedica sua matéria principal ao tema mais relevante do ano para os norte-americanos: a eleição presidencial. A cobertura da corrida à Casa Branca estampa a capa da revista e mais oito páginas de matérias, enquanto a reportagem sobre Manaus ocupa sete páginas e mais uma homenagem à região com uma bela foto do arquipélago de Anavilhanas em toda a página dedicada ao índice geral da publicação.

“A articulação da Prefeitura de Manaus rendeu mais uma bela homenagem à capital numa publicação que atinge um público para o qual direcionamos nossas ações de promoção da cidade que são os clientes da American Airlines. Essas pessoas são potenciais turistas para nossa região”, destacou o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula.

Na matéria o repórter canadense Tim Johnson fala sobre sua viagem à capital amazonense, evidenciando o Encontro das Águas dos rios Negro e Solimões, a culinária regional e a arquitetura. O repórter teve a oportunidade de ver um pirarucu de perto em um passeio no rio Negro e depois degustar um pouco da gastronomia local no restaurante O Banzeiro, provando outros tipos de peixes típicos do Amazonas como o tambaqui, onde pode opinar sobre seu favorito. “O pirarucu, que o chef serviu como prato principal, foi o meu favorito”, afirma o jornalista na reportagem.

O Mercado Municipal Adolpho Lisboa, o Centro Histórico, a Ponta Negra e o Teatro Amazonas também ganham interessantes relatos da aventura do jornalista em solo manauara. “Inaugurado em 1883, Adolpho Lisboa ainda apresenta a sua fachada art nouveau original e um relógio de fabricação alemã como seu ponto focal. Ele também continua a ser um importante centro de comércio nesta cidade em crescimento”, descreve Johnson. Ele também conta que o povo manauara é bastante acolhedor e que ganhou uma recepção calorosa quando chegou à praia da Ponta Negra. “[Eles] me receberam calorosamente e me adotaram como se fosse da família. Conversamos por horas numa mistura de inglês com português”, afirma o canadense que já viajou mais de 107 países em busca de boas histórias.

A reportagem na íntegra pode ser lida na revista digitalizada ou na versão web no site da America Way:

https://americanwaymagazine.com/manaus-amazon-city#UGQ2Zc4dEiWc6apy.97

http://americanway.ink-live.com/desktop/stage/default.aspx?pubname=&pubid=3f7fb633-2af3-4402-8474-9a34076b0f83

Comentários

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões
X