Réveillon da Cidade reúne mais de 340 mil pessoas

Foto: Ingrid Anne/Manauscult

Mais de 340 mil pessoas prestigiaram o Réveillon da Cidade nos três pontos de festa organizados pela Prefeitura de Manaus. Pela primeira vez, as principais atrações da festa – o cantor sertanejo Israel Novaes e a banda de forró Rabo de Vaca – realizaram shows duplos, na Ponta Negra, zona Oeste, e na Av. Itaúba, zona Leste – locais de maior concentração de público. A queima de fogos com show piromusical inédito emocionou os presentes.

“As pessoas estão animadas curtindo as festas de Réveillon preparadas dentro das possibilidades da prefeitura, porque temos uma prefeitura organizada. Estou animado. O Réveillon é um belo momento de festa e pré-Carnaval para todos nós”, disse o prefeito Arthur Virgílio Neto, que visitou os três pontos de festa da cidade, ao lado da esposa Elisabeth Valeiko e do vice Marcos Rotta e a esposa Tecla Caddah.

“Esta é uma festa que se consolida como o maior Réveillon da Região Norte. A multidão que foi à Ponta Negra prestigiou um espetáculo organizado à altura de grandes eventos. Recebemos 2017 com uma belíssima queima de fogos e o calor humano de milhares de pessoas”, afirmou o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula.

Na Ponta Negra, 250 mil pessoas lotaram a praia, calçadão, escadaria do anfiteatro e entorno. Barracas de camping e tendas abrigaram famílias que levaram suas ceias e se preparavam para prestigiar a queima de fogos. “Há 15 anos eu e minha família festejamos a passagem de ano na Ponta Negra e no mesmo lugar. Escolhemos esse local pelo lazer e a segurança que todos os anos encontramos aqui”, afirmou o funcionário público Danilo César, que prestigiou o Réveillon acompanhado de familiares e amigos.

O “Show das Estrelas”, que reuniu artistas amazonenses cantando os maiores hits de 2017, levantou o público antes da queima de fogos. Ao som de clássicos da MPB em ritmo de Carnaval, eles abriram a contagem regressiva para a chegada do Ano Novo.

“É um privilegio poder mostrar, no primeiro dia do ano, um trabalho novo, cantando todos os ritmos num show eclético na Ponta Negra com Jr Paulain, Fátima Silva, Jéssica, Sinézio Rolim e Adriano Arcanjo. Ver a galera cantando do início ao fim não tem preço. Estou muito feliz em iniciar 2017 cantando ao lado dessas grandes estrelas”, afirmou o cantor Israel Paulain. Bailarinos coreografados segurando guarda-chuvas e bastões de LED deixaram o palco mais colorido.

Aproximadamente sete mil toneladas de fogos deram as boas vindas a 2017 durante dez minutos. Três balsas foram montadas na Ponta Negra para o show piromusical. A banda Rabo de Vaca encerrou o show com animação total. “É muito bom estarmos aqui, relembrando sucessos e cantando músicas novas no Réveillon dessa cidade que tem um carinho muito grande conosco”, afirmou Jardel Santos, o vocalista da banda.

RÉVEILLON 2017

Na Av. Itaúba, aproximadamente 70 mil pessoas prestigiaram a programação. O cantor Nunes Filho, que abriu as apresentações da noite da Virada na zona Leste, inovou distribuindo um calendário de 2017. Conhecido como “puxador de público”, ele fez um show dançante e eclético. Na sequência, Márcia Novo sacudiu o público com o swing estilo beiradão.

A banda Rabo de Vaca foi a responsável pela contagem regressiva em cima do palco. A queima de fogos durou dez minutos sob aplausos do público.

Carlinhos do Boi, Zezinho Correa, Márcia Siqueira, Kátia Maria e Edilson Santana fizeram o Show das Estrelas na zona Leste. Toadas clássicas e músicas que marcaram as paradas de sucesso em 2016 estiveram no repertório. O cantor Israel Novaes encerrou a programação contagiando os presentes ao som de muito sertanejo e arrocha.

Na orla do Amarelinho, zona Sul, 20 mil pessoas participaram da festa de Réveillon que já é tradicional para moradores do bairro Educandos e entorno. Américo Madrugada e banda levaram clássicos do samba e deram o tom da noite, seguidos de Embalasamba.

A Banda Impakto fez a levada da Virada com ritmos variados: de forró a pagode, passando por músicas carnavalescas. Já a banda Segura a ‘Pizada’ colocou todo mundo para dançar forró. O grupo Frutos do Pagode encerrou a noite ao som de sucessos de Sorriso Maroto e Revelação, entre outros.

Foto: David Batista/Manauscult

Serviço

Mais de 200 homens da segurança privada, 20 bombeiros civis, 30 bombeiros militares e 350 policiais militares atuaram na segurança direta da Ponta Negra. Aproximadamente 50 agentes da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh) realizaram o trabalho de prevenção e conscientização sobre exploração infantil. Na zona Leste, mais de 300 PMs, aproximadamente 80 bombeiros e 30 agentes da Semmasdh atuaram no evento.

Um efetivo de 35 fiscais de transporte acompanharam a demanda, frequência e frota das linhas de ônibus à Ponta Negra, além de organizarem o embarque e desembarque dos passageiros.

Dez linhas de ônibus com opções a partir dos cinco terminais de integração da cidade foram disponibilizadas. No total, 128 coletivos circularam durante toda a madrugada do dia 1º de janeiro. Além da frota operacional, 16 coletivos reservas serviram de apoio às linhas.

No trânsito, um total de 213 agentes realizou o monitoramento das ruas e avenidas nas áreas de festas promovidas pela Prefeitura: no Complexo Turístico Ponta Negra, zona Oeste; na orla do Amarelinho, bairro de Educandos, zona Sul, e na Av. Itaúba, zona Leste. Em cada área de comemoração, organizada pela Prefeitura de Manaus, foi implantada operação especial que garantiu a circulação dos pedestres e a fluidez de veículos até a manhã deste dia 1º de janeiro.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizou atendimento por meio do Posto Avançado e de duas ambulâncias do tipo Unidade de Suporte Básico, na Ponta Negra. Na zona Leste, duas ambulâncias básicas. Nenhum incidente grave foi registrado. Na zona Sul, uma ambulância básica realizou plantão junto à Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Além das festas organizadas na Ponta Negra, Amarelinho e Itaúba, a Prefeitura de Manaus deu apoio às festas de Réveillon em outros dois pontos da cidade: no Residencial Viver Melhor, na zona Norte, e na Colônia Antônio Aleixo, zona Leste.

Foto: Nayanne Silva


Equipe Viva Manaus

Comentários
Mostrar botões
Esconder botões
X