Andanças de Ciganos leva a Grécia Antiga ao Sambódromo

Foto: Dário Monteiro/Semcom Andanças de Ciganos

Representante do bairro Cachoeirinha, zona sul de Manaus, a Andanças de Ciganos trouxe para o Sambódromo um cenário greco-romano, com a mitologia dos deuses do Olimpo. A escola de samba é a segunda a passar pela avenida, e entrou por volta das 21h.

Com o enredo “Na festa dos Deuses, os Ciganos fazem o Carnaval”, a agremiação encantou os foliões e brincantes em uma viagem cantada e contada com elementos da mitologia grega – como os deuses Cronos e Zeus em um carro alegórico e a ala das baianas em referência às águas oceânicas -, sob as cores azul, vermelha e branca de seu pavilhão. No Sambódromo, três carros alegóricos e 28 alas compõem o desfile da escola.

A escolha pelo enredo é uma forma de revisita e auto-homenagem a um dos Carnavais mais marcantes da Andanças de Ciganos, que contou essa história na passarela do samba há cerca de 30 anos. Com uma nova roupagem e abordagem, o tema resgata parte da história da própria escola. A rainha da bateria, Rayssa Santos, contou um pouco sobre a preparação e a expectativa antes de entrar na pista:

Comentários
Mostrar botões
Esconder botões
X