Aparecida mergulha na história da padroeira do Brasil

Foto: Steffanie Schmidt/Manauscult

A história da Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, encheu a Passarela do Samba em Manaus com o samba-enredo “Gratia plena, Aparecida! 300 Anos no Coração do Brasil”, da Mocidade Independente de Aparecida, na segunda noite do Desfile Oficial.

Quinta escola a entrar na avenida, a agremiação, oriunda do bairro de mesmo nome, a “Soberana” homenageou a santa “Rainha do Brasil”, com muita fé, ao som de “Romaria”, interpretada pela cantora Julieta Câmara, antes de iniciar o desfile.

Retratando a devoção e a comemoração do terceiro centenário da aparição de Nossa Senhora Aparecida, os foliões mostraram seu amor à escola e à Santa em 20 alas.

A comissão de frente encenou o momento histórico quando a imagem da Padroeira do Brasil foi encontrada.  O arcebispo de Manaus, Dom Sérgio Castriani, e o presidente da agremiação, Saulo Borges, conduziram a imagem da Santa encantando o público, que pediu bênçãos da Santa enquanto a escola desfilava.

Comentários
Mostrar botões
Esconder botões
X