Reino Unido da Liberdade reforça a sustentabilidade

Foto: Steffanie Schmidt/Manauscult Reino Unido da LIberdade

As cores verde e branca da Reino Unido da Liberdade combinaram bem com o tema escolhido pela escola de samba para o desfile de 2017: sustentabilidade. Ao som do samba-enredo “No Reino das fontes de vida, o Morro em movimento sustentável faz a diferença”, a agremiação do bairro Morro da Liberdade, zona Sul da cidade, levou em torno de 3 mil brincantes para o Sambódromo para ressaltar o discurso ambiental.

A floresta, o caboclo, o ribeirinho, o índio e o amazônida foram lembrados como partes essenciais da Amazônia, que devem funcionar em sintonia para assegurar a preservação ambiental. Na comissão de frente, bailarinos representaram seres lendários como a Mãe-Natureza e o Mapinguari. Entre as 32 alas, os três carros alegóricos impressionaram o público pelo tamanho.

O diretor-executivo da Reino Unido, Neilo Batista, ressaltou a importância do tema e a contribuição do fomento da Prefeitura de Manaus para o sucesso do desfile. “Apesar de não ter historicamente a tradição do Carnaval de lugares como o Rio de Janeiro, Manaus tem um laço muito grande com o samba e com a cultura carnavalesca. A Manauscult soube valorizar e fomentar o trabalho das escolas de samba da cidade e, por meio dessas ações, podemos realizar um grande desfile. Hoje, por exemplo, vamos falar sobre a importância da sustentabilidade no mundo, e levar a floresta e o ribeirinho pra avenida, pra mostrar pros nossos filhos e netos”, ressaltou.

Comentários
Mostrar botões
Esconder botões
X