Vila da Barra desmistifica a maçã e o pecado

Foto: Ingrid Anne/Manauscult 26.02.2017-Escola-de-Samba-Vila-da-Barra---Foto-Ingrid-Anne-Manauscult-(1)

Encerrando o Desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial, a estreante Vila da Barra, que ascendeu do Grupo de Acesso,  impressionou pela qualidade das fantasias e alegorias apresentadas em seu enredo “Do proibido ao Sagrado: com a Vila desfrute o sabor do pecado”, desmistificando a maçã e o pecado com suas alas e alegorias de cores azul e amarela.

Ao total, foram 19 alas e duas alegorias, que carregavam símbolos como a cobra e a maçã, além de destaques representando Adão e Eva. Já a ala das baianas mostrou a beleza da natureza através do figurino, com cores e formas de árvores. Além disso, quatro de suas alas foram dedicadas ao conto de fadas infantil “Branca de Neve”, trazendo os personagens principais da história.

A bateria, com 250 integrantes, foi outro destaque da escola: afinada e imponente, levou os integrantes entusiasmados até às 6h30.

Comentários
Mostrar botões
Esconder botões
X