Cinco bandas encerram Carnaval de rua no fim de semana

Foto: Steffanie Schmidt/Manauscult Lgbt-folia-STEFFANIE-SCHMIDT-MANAUSCULT-14-02-2016--(71)

Cinco bandas de Carnaval agitam o último fim de semana de folia de rua em Manaus, de sexta-feira, 10, a domingo, 12, em cinco diferentes zonas da capital. Na agenda estão blocos como LGBT Folia, Carnaval Popular da Zona Norte e o Bloco das Piranhas, adiado para o sábado, 11.

Em sua 17ª edição, a Banda da Fuzaca 2017 começa a programação, às 16h desta sexta-feira, 10, na Rua Magalhães Barata, Crespo, zona Sul. A folia teve início quando o presidente do bairro, Lúcio do Nascimento, fez uma reunião com a comunidade na terça-feira de Carnaval em 2000 e, juntos, eles estavam planejando formar uma banda. Vários nomes foram sugeridos, mas o nome ‘Banda da Fuzaca’ acabou sendo o escolhido.

“É uma satisfação poder coordenar essa banda, pois sinto a confiança dos amigos e da comunidade do bairro. Ter uma banda na nossa rua é uma alegria que lembra nossa união, além de ser confortável por estarmos perto de casa”, diz Lúcio.

No sábado, 11, o Bloco das Piranhas lidera a folia a partir das 16h, no Sambódromo. A entrada é 1kg de alimento não-perecível e a programação contará com as bandas Vai Garotão, Banda Marrakesh, Banda Impakto e Louca Tentação. A festa, que tem como marca a irreverência, promete contagiar em animação, segundo o organizador, Elizeu Barcelar da Silva. “Teremos policiamento com 700 homens, 41 bombeiros civis e interdição de ruas. Está tudo confirmado e a estrutura está garantida para todo mundo cair na folia”. A Banda do Mengo da Zona Leste e o Carnaval Popular da Zona Norte são as outras atrações do sábado.

No domingo, 12, a quarta edição da Banda LGBT Folia promete sacudir o Centro, no trecho da Avenida Sete de Setembro, na esquina com a Avenida Eduardo Ribeiro. De acordo com a coordenadora da banda, Bruna La Close, a programação foi uma iniciativa para suprir a carência de eventos específicos para o público LGBT na capital. “Nossa banda oferece um espaço seguro e com tudo que o público gosta: show de go-go boys, transformistas, desfile das personalidades da parada gay… ou seja, temos um espaço onde nosso público não se sente constrangido de se divertir, independentemente da orientação sexual”, ressalta Bruna.

As bandas de rua contam com o apoio da Fundação municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), além do suporte da Polícia Militar, dos Bombeiros e de órgãos públicos que estarão distribuindo preservativos e cartilhas informativas contra ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis). A programação completa das bandas está disponível aqui.

X