Seletiva musical de edital ocorrerá na 1ª semana de abril

Foto: Ingrid Anne/Manauscult reuniao bandas pop rock

Durante três dias, as 19 bandas amazonenses de pop rock habilitadas no Edital Nº 003/2017, lançado pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), participarão da seletiva musical que levará uma delas para um festival nacional de música. As seletivas ocorrerão nas casas de show Porão do Alemão e All Night Pub, de 6 a 8 de abril. No domingo, 9/4, ocorrerá a grande final no flutuante Abaré, com o show das três bandas selecionadas nas audições.

As definições foram apresentadas pelo diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula, na noite desta terça-feira, 28/3, em reunião com representantes das bandas. Na ocasião, foram apresentadas as datas da segunda etapa do processo, local de apresentação e o formato dos shows.

“Como gestor de cultura, acredito que esse edital está nos permitindo sinalizar de forma mais clara e nos aproximando dos artistas que fazem música autoral. No edital tiveram bandas, com um grande trabalho autoral, que ficaram de fora porque deixaram de cumprir algum requisito. Mas estas 19 bandas habilitadas seguem no processo por mérito, porque atenderam aos requisitos, produziram, anexaram o portfólio e todas as documentações solicitadas”, comentou o diretor-presidente.

Nas apresentações no Porão do Alemão, nos dias 6 e 8 de abril, e no All Night Pub, no dia 7, cada banda deverá se apresentar tocando três músicas, sendo uma delas de autoria própria. A entrada do público nas casas de shows, nos dias das seletivas, será liberada até às 23h. A ordem de apresentações será divulgada a partir da próxima sexta-feira, 31.

O vocalista da Zona Tribal, Mencius Melo, falou sobre a participação da banda na seletiva. “Poucas vezes vi em Manaus uma oportunidade tão grande para incentivar as bandas autorais. Essa reunião foi muito leve, como está sendo leve o processo de seleção dessas bandas. O que mais me encantou foi a desburocratização do processo. Apresentamos materiais objetivos, com portfólio fonográfico, ou seja, tudo que uma banda que tem história no cenário amazonense pode oferecer”, opinou.

Terceira etapa

A partir dessas apresentações três grupos serão selecionados para a última etapa, de caráter classificatório, em que uma curadoria vai avaliar as bandas em show, de 25 a 30 minutos, para cada concorrente. Entre os critérios avaliados estarão: qualidade e originalidade das composições; qualidade e originalidade dos arranjos musicais dos membros do grupo e qualidade de interpretação/presença/performance de palco dos membros do grupo. A avaliação da Comissão Curatorial definirá a classificação final e a banda vencedora.

No dia 9, durante a grande final, a comissão julgadora contará com a presença de um artista nacional e do representante do festival nacional. Atendendo a exigência do organizador, o nome e a data do festival serão revelados apenas na última etapa da seleção.

Participarão da segunda etapa do processo as bandas Alaidenegão, Bella Queiroz e Banda, Cabocrioulo, Eraldo Bandeira e os Fora da Lei, Escândalo Fônico, Kely Guimarães, Luneta Mágica, Márcia Novo, Mezatrio, 00:00, Moby Dick, Os Tucumanos, Rafael Marques, Redphone, República Popular, Selva Madre, Supercolisor, Tudo Pelos Ares e Zona Tribal.


Mônica Figueiredo

Equipe Viva Manaus

Comentários
Mostrar botões
Esconder botões
X