Cineclube faz homenagem ao ator Nelson Xavier

Foto: Reprodução/Internet nelson xavier

Em homenagem ao ator Nelson Xavier, falecido recentemente, o Cine e Vídeo Tarumã dedica a programação desta semana ao artista mineiro, considerado um dos maiores intérpretes do cinema, televisão e teatro brasileiros. As sessões acontecem nos dias 5, 7 e 9 de junho, sempre com entrada gratuita, às 12h30, no Auditório Rio Negro do Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais (IFCHS), localizado no setor Norte do Campus Universitário da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

A programação começa com o clássico do Cinema Novo “Os Fuzis”, na segunda-feira, 5. O filme marca um dos principais papeis da carreira de Nelson no cinema. O longa dirigido por Ruy Guerra ficou conhecido por ganhar o Urso de Prata no Festival de Berlim de 1964 e, assim, tornar-se uma das principais obras do Cinema Novo. O filme conta a história de uma cidade assolada pela miséria, que encontra-se à beira de um colapso, já que seus cidadãos começam a roubar armazéns em busca de comida. Soldados são enviados para controlar a situação e um motorista de caminhão deve decidir se concorda com seus colegas do exército ou se revolta contra o governo devido a sua ineficácia em apaziguar a situação.

A exibição de quarta-feira, 7, é do longa “A Despedida”. Na história dirigida e roteirizada por Marcelo Galvão, Almirante é um senhor de 92 anos que não aguenta mais o peso da idade e resolve acelerar o seu fim, aproveitando seus últimos momentos para se despedir de amigos, resolver antigos problemas e ter mais uma noite de amor com sua amante de 37 anos. Bem recebido no Festival de Gramado, ganhou prêmios de Melhor Ator para Nelson, Melhor Atriz para Juliana Paes, Melhor Fotografia para Eduardo Makino e Melhor Direção para Marcelo Galvão.

Fechando as sessões, na sexta-feira, 9, será exibido “Rondon, o Desbravador”, mais recente produção com Nelson no papel principal. Fruto dos diretores Marcelo Santiago e Rodrigo Piovezan, a história acompanha a vida do Marechal Rondon, importante nome no Brasil quanto a questão indígena e o avanço do sistema de telégrafos pelo país, enquanto concede uma entrevista a um jornalista. Inicialmente uma série produzida pelo Canal Brasil, a produção foi reeditada e exibida em 20 salas de cinema pelo país.

O projeto Cine e Vídeo Tarumã é uma atividade de extensão do curso de Jornalismo da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC), da UFAM, com apoio cultural da locadora de filmes Take Video Locadora. As sessões acontecem sempre às segundas, quartas e sextas, às 12h30, gratuitamente.


Com informações de assessoria

X