Mostra Diretoras Negras exibe curtas amazonenses

Foto: Christian Braga/Divulgação CURTA ASSIM - Foto Christian Braga

Três filmes amazonenses integram a programação da Mostra Diretoras Negras do Cinema Brasileiro, que acontece de 4 a 11 de julho na Caixa Cultural, em Brasília, reunindo longas, médias e curtas-metragens dirigido por mulheres negras de todo o país. Entre os 46 filmes que serão exibidos, o Amazonas será representado pelas produções “A Rua – O Corpo Urbano” e “Assim”, ambas de Keila Serruya, e “Sandrine”, de Elen Linth.

“Ter filmes em uma mostra que marca um momento histórico onde nós, mulheres pretas, nos organizamos, resistimos e nos trazemos visibilidade é perceber que a luta diária vale muito a pena. O cinema é uma linguagem artística predominantemente realizada por  brancos, homens, classe média. Organizar mostras como essa, que trazem trabalhos de diretoras negras, é essencial para visibilizar quem produz e estimular mais mulheres a produzirem audiovisual em um país cheio de racismo e machismo”, ressaltou Keila Serruya, diretora de dois dos filmes selecionados.

“A Rua – O Corpo Urbano” é um documentário sobre um projeto de dança realizado em janeiro de 2015, nas cidades de Presidente Figueiredo, Manacapuru e Manaus. O filme foi contemplado pelo Prêmio Funarte Cênicas na Rua (Circo, Dança e Teatro de 2013). Já “Assim” e “Sandrine” são curtas de ficção: o primeiro se debruça sobre o dia-a-dia de duas travestis em Manaus; já o segundo conta a história de uma professora de matemática transexual que decide fazer a cirurgia de redesignação de sexo. O curta já foi exibida em festivais nacionais como a Mostra de Cinema de Tiradentes.

Além das exibições, a mostra também contará com debates sobre a atuação da mulher negra no cinema. O evento conta com a curadoria de Kênia Freitas e Paulo Ricardo de Almeida, e traz uma retrospectiva da produção cinematográfica empreendida pelas cineastas negras no Brasil, desde as pioneiras Adélia Sampaio e Danddara, até nomes contemporâneos como Juliana Vicente, Larissa Fulana de Tal, Lilian Solá Santiago, entre outras.

A programação completa da Mostra Diretoras Negras do Cinema Brasileiro pode ser acessada aqui.


Com informações de assessoria

Comentários
Mostrar botões
Esconder botões
X