Do hip-hop ao instrumental, Passo a Paço terá 20 shows

Foto: Divulgação/Jander Manauara Jander Manauara - Manauara em Extinção

Engrossando o caldo do cardápio cultural do Passo a Paço 2017, 20 artistas locais se apresentarão nos dois dias do evento que ocupará o Centro Histórico de Manaus, nos dias 12 e 13 de agosto. Do samba ao rap, do instrumental ao regional, a programação levará aos palcos “Música” e “Coreto” artistas já conhecidos na cena autoral manauara.

Nomes como Anne Jezini, Elisa Maia, Jander Manauara, Célio Cruz, Karine Aguiar, Felicidade Suzy, além das bandas Escândalo Fônico, Johnny Jack Mesclado, Tudo Pelos Ares, Selva Madre, Os Tucumanus e Luneta Mágica já estão confirmados.

O rapper Jander Manauara será uma das atrações do Palco Música, no dia 13, às 17h30. Para o cantor, as edições do Passo a Paço vêm tomando proporções cada vez maiores, trazendo consigo o reconhecimento dos artistas locais.

“É legal ver que Manaus está se desenvolvendo através da arte, da gastronomia, de tudo que gira essa economia criativa, que é o Passo a Paço. Participar disso é muito bom, até pelo fato do próprio hip-hop estar nessa nova ascensão de público, buscando novas formas de se comunicar. Isso é muito bom para o artista e para o público que quer diversidade, e o Passo a Paço traz isso. Essa diversidade na gastronomia, artes e músicas”, comentou.

Em seu show, Jander apresentará canções dos seus três CDs já gravados: “Não vale um real” (2009), “Grelhante” (2013) e “Manauara em extinção” (2016).

Elisa Maia 2 _ Foto Aline Fidelix

Elisa Maia. Foto: Aline Fidelix/Divulgação

Já a cantora Elisa Maia, que também se apresentará no dia 13, no Palco Música, às 16h, destacou que há um cenário musical rico em diversidade em Manaus e que se mantém muitas vezes fechado num público de nicho, que está naturalmente interessado em consumir essa diversidade.

“É fundamental que a gestão pública tenha esse cenário no radar e que em suas atividades possa apresentar esses artistas para um público maior, também diverso, popular, que, por outras vias, talvez não chegasse tão facilmente a essa música produzida na cidade. Artistas como eu, que trabalham um relacionamento próximo com o público que me acompanha e estão sempre pensando em como chegar a mais pessoas, aproveitam pra investir numa produção especial para o evento” destacou a cantora.

No Passo a Paço, a cantora deverá apresentar músicas novas que estarão em seu novo disco, em fase de pré-produção. O show também terá músicas do EP “Ser da cidade”.

Instrumental 

Manaus, 07/04/2017. Selva Madre na Primeira noite da Seletiva Musical Pop Rock Manaus, no Porão do Alemão. Foto: Ingrid Anne/ Manauscult

Selva Madre. Foto: Ingrid Anne/Manauscult

A banda Selva Madre será uma das atrações do primeiro dia do Passo a Paço, e se apresentará no Palco Coreto, às 17h10. Agostinho Guerreiro, guitarrista da banda, disse que o evento é uma porta para que outros públicos possam conhecer o trabalho do grupo.

“Principalmente nós, que temos um som instrumental. Para o nosso show estamos preparando uma roupagem nova das nossas canções e estamos com um projeto de colocar um vocal feminino no Selva Madre. Talvez consigamos apresentar umas três músicas assim no Passo a Paço”, comentou.

Passo a Paço

O Passo a Paço ocorrerá nos dias 12 e 13 de agosto, no Centro Histórico de Manaus, a partir das 16h. A programação completa do evento está disponível aqui no site.


Mônica Figueiredo
Equipe Viva Manaus

Comentários
Mostrar botões
Esconder botões
X