Mais um viaduto recebe pintura em grafite

Foto: Marinho Ramos/Semcom

O viaduto da Avenida Senador Álvaro Maia, na zona Centro-Sul, recebe ornamentação em pintura desde a última semana. O trabalho, que envolve 15 artistas locais, entre grafiteiros e artistas plásticos, faz parte do projeto de revitalização de viadutos e passagens inferiores, realizado pela Prefeitura de Manaus.

Ao todo, serão oito colunas e dois paredões que vão receber a arte urbana de grafiteiros como Rogério Arab, autor das artes da passagem inferior da Avenida Djalma Batista, ao lado de Raiz Campos e de Válney Moura, conhecido no meio como Choque 220.

Viaduto Senador Álvaro Maia. Foto: Marinho Ramos/Semcom

“É uma experiência gratificante e todos ficaram muito satisfeitos em participar da primeira etapa do projeto da Djalma Batista. Isso nos abriu portas para divulgarmos nossa arte e conseguirmos apoio para ampliarmos o movimento do grafite na cidade”, destacou Arab.

O trabalho é coordenado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). Segundo o vice-prefeito e secretário do órgão, Marcos Rotta, o projeto foi muito bem recebido pela população e fez toda a diferença no aspecto da área urbana de Manaus.

“Podemos perceber como a arte é capaz de sensibilizar nosso olhar para detalhes da nossa cidade. Pessoas estão indo aos locais das artes para tirarem foto, comentam nas redes sociais, sentem satisfação em ver a cidade assim. É essa valorização que a gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto está promovendo no coração dos manauaras”, destacou Rotta.

Festival

Um dos frutos da parceria é a primeira edição do Festival Amazônia Wall. Idealizado e produzido por Arab. O evento teve início na última quarta-feira, 23/8, com a pintura do viaduto na área conhecida como Boulevard. Segundo o grafiteiro, o objetivo é difundir a arte pra sociedade e também trazer a nova tendência do muralismo mundial que também está ganhando espaço em Manaus.

“Já venho trabalhando há muito tempo nessa ideia e, através do nosso trabalho anterior, algumas portas se abriram para conseguirmos apoio para esse evento de livre expressão. Todos estão na expectativa porque é o primeiro evento que envolve grafite e muralismo, que são vertentes diferentes, mas que estão sendo exploradas pelos grafiteiros que criam obras gigantescas – característica do muralismo – com técnica de grafite”, explicou Arab.

No último dia de evento, que acontece nesta quinta-feira, 31/8, a programação vai envolver MCs e Djs, artistas plásticos e grafiteiros durante a finalização das artes no viaduto do local. “É uma oportunidade de as pessoas irem e poderem apreciar como o trabalho é feito”, convidou.


via Anayra Benevides/Seminf

Comentários
Mostrar botões
Esconder botões
X