‘Flicts – O Musical’ ganha apresentação gratuita nesta quarta

Foto: Ruth Jucá/Divulgação Flicts - O Musical

A Cia. de Teatro Apareceu a Margarida volta aos palcos com o espetáculo “Flicts – O Musical” nesta quarta-feira, 4/10, em duas sessões, às 8h e às 14h, no Cine Teatro Comandante Ventura, dentro do Centro de Convivência do Idoso de Aparecida, localizado na Rua Wilkens de Matos, s/nº, bairro Aparecida. A entrada para as apresentações é gratuita.

Cerca de 50 estudantes da Escola Estadual Nossa Senhora Aparecida prestigiarão a peça, por meio do projeto de extensão ‘Leitores de Espetáculos Teatrais: Olhares Emergentes na Cotidianidade Escolar’, coordenado pela professora Eneila Santos, do Curso de Licenciatura em Teatro da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Participam no suporte da iniciativa os alunos Cleciano Cardoso, Michel Guerrero e Cairo Vasconcelos. As sessões não são restritas à escola escolhida pelo projeto e o público geral poderá assistir gratuitamente ao musical ‘Flicts’, com apoio cultural do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (SEC).

O projeto de extensão caminha nessa perspectiva, visando compartilhar com a comunidade, no caso específico, a escolar da rede pública de ensino de Manaus, experiências artístico-pedagógicas, propiciando oportunidades de trocas, de valorizações dos conhecimentos científicos e populares e, consequentemente, buscando suprir algumas necessidades detectadas de estratégias  educacionais que dialoguem com os valores e significados artísticos  e estéticos das diversas manifestações presentes na sociedade.

Flicts

Flicts – O Musical. Foto: Ruth Jucá/Divulgação

No ateliê de um artista plástico, as cores tomam vida e passam a buscar explicação para a existência de uma estranha cor, que insiste em ficar entre as cores nobres: FLICTS.

Ora, nem descende das cores primárias, tão pouco se associa a alguma variação cromática das paletas daquele ateliê. Embora fosse uma cor intrigante e reluzente, nunca é usada para nada. O pobre Flicts, então, encorajado pela astuta cor Verde e pela arrogante cor Laranja, resolve deixar o ateliê e parte em busca de explicações para sua existência, vez que apenas ele, Flicts, não se parece com cor alguma, devendo, portanto, buscar uma outra origem para sua duvidosa existência.

Depois de percorrer por muitos lugares e encontrar tipos diversos, descobre, finalmente, que deriva de um raro pigmento, achado somente no interior da floresta amazônica. Fora gerado a partir da folha da imbaúba, que muda de cor conforme a temperatura ambiente, ficando muito verdinha pela manhã, amarelecendo ao entardecer e incandescendo e refletindo a luz da lua quando chega a noite.

Flicts é, enfim, uma cor tão rara que o artista reluta em aplicá-la em qualquer obra sua, guardando-a para um quadro muito especial, que reflete à luz do luar e somente Flicts, a cor, poderá imprimir fidelidade de luz à obra tão sonhada pelo artista plástico, dono do ateliê.

Equipe

Conhecida internacionalmente, a obra ‘Flicts – A Cor’ de Ziraldo, é inspiração para o espetáculo ‘Flicts – O musical’, adaptação e direção de Chico Cardoso e elenco formado pelos cantores Zezinho Corrêa, Márcia Siqueira e os atores Michel Guerrero e Magda Carvalho, além das bailarinas Hamyle Nobre e Emmily Franco, com operação de sonoplastia de Geraldo Langbeck e coreografias de Weldson Rodrigues. O maestro Paulo Marinho assina a direção musical da peça, estreada em 2010 pela Cia. de Teatro Apareceu a Margarida, que completará 20 anos de atividades no estado do Amazonas e no país em 2018.

O espetáculo venceu em 2011 os prêmios de melhor trilha sonora e melhor iluminação do 7º Festival de Teatro da Amazônia, fez turnê no Amapá em 2012 e participou da Feira de livros Infantis do Sesc, em 2016, no município de Itacoatiara (AM).


Com informações de assessoria

X