Klinger Araújo e Tony Medeiros levam surpresa para trio

Foto: Ingrid Anne/Manauscult

Os levantadores de toada Klinger Araújo e Tony Medeiros, além de dividirem a antepenúltima apresentação do segundo e último dia da 20ª edição do Boi Manaus, levaram uma surpresa para o público que comemora os 348 anos da capital amazonense: as participações de Vanessa Alfaia e Marcia Novo.

“Na minha opinião, vejo, num futuro próximo, uma mulher, uma voz feminina, explodindo Brasil afora com as nossas toadas. Elas emocionam mais”, aposta Klinger.

Ao som de clássicos eternizados nas vozes de cada uma das atrações – “Boi de Pano” e “A Contagem”, com Tony, e “Bumba bumbum bumbá” e “Passo do Tchan”, com Klinger – os cantores levantaram o público no circuito montado na Ponta Negra.

Tony, que é o amo oficial do Garantido, ressaltou que Manaus é a terra das boas oportunidades e que tem muito orgulho da história da cidade. “Em toda saga, o povo daqui superou muitas dificuldades”, falou, também enaltecendo a organização da Manauscult na realização do evento.

Klinger, conhecido pelas torcidas como “Furacão do Boi”, é amado pelas duas nações do Festival. Ele credita o feito à escolha do repertório, sempre dançante. “Há também o respeito pela minha história. As pessoas veem que sou o mesmo de 1991, quando levava fitas cassete para que as rádios tocassem as nossas toadas”, completou.

Rede nacional

A cantora Marcia Novo, mesmo morando em São Paulo há cinco anos, não esquece suas raízes e faz questão de exaltá-las quando aparece em programas veiculados nacionalmente.

“Tem pessoas que depositam confiança no meu trabalho e apostam na minha música. E eu quero ver o nosso ritmo repercutindo de forma positiva em todo país”, disse a cantora, desejando que, para os anos vindouros, Manaus consiga conviver em natureza com a harmonia. “Nosso ritmo e nossa biodiversidade são patrimônios incríveis”, completou.


Rosiane Couto
Especial para Viva Manaus

Comentários
Mostrar botões
Esconder botões
X