Foto: Divulgação/SEC

O Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola realiza a 10ª edição da Mostra de Resultados de Processos Criativos, entre esta quarta-feira (8/11) e sábado (11/11). A programação, que neste ano é focada no tema “Música Brasileira”, reúne apresentações de teatro, artes visuais, dança e outras modalidades feitas pelos alunos do centro. O evento, que é gratuito, é uma realização do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

Ao todo, 928 alunos, a partir de 4 anos de idade, participam da mostra, que terá programação nos turnos da manhã, tarde e noite. Por ser muito abrangente, o tema foi subdivido, permitindo aos alunos apresentar a diversidade da Música Brasileira.

A diretora do centro, Graça Anselmo, explicou que o tema é escolhido no começo do ano letivo, para que os alunos trabalhem intensamente no desenvolvimento das atividades. A diretora ressaltou que o projeto é uma forma de avaliar a evolução dos alunos, além de estimular e promover diversos benefícios.

Atividades

Na quarta, das 15h às 20h, e quinta-feira, das 9h às 10h e das 19h às 20h, serão apresentados os subtemas “Palavra Cantada e Literatura de Cordel: da poesia aos meus simples rabiscos”, “Brasil, sobrenome Norte” e “Instrumental: Brasil de Vários Ritmos”.

O primeiro vai apresentar atividades relacionados ao grupo Palavra Cantada, que trabalha com músicas infantis, e também sobre a literatura de cordel. As modalidades propostas nas atividades são desenho e pintura na criação infantil, além de ter a participação dos alunos iniciantes de música.

Já o subtema “Brasil, meu Sobrenome” vai realizar recitais e o repertório conta com músicas de cancioneiro, cantigas de roda, músicas folclóricas e músicas regionais amazônicas.

“Instrumental: Brasil de vários ritmos”, contará a história da música de forma cronológica, utilizando músicas de grandes compositores como Pixinguinha e Vinicius de Moraes, com participação da Camerata de Violões.

Na sexta-feira, a partir das 9h até às 18h30, serão apresentados os grupos “Uma viagem ao imaginário infantil da música brasileira” e “Quase Setembro”, abordando atividades de teatro infantil e iniciação à dança.

Para finalizar, no sábado, a partir das 9h, serão mostrados os subtemas “Ópera Baré”, “Como Nossos Pais” e “Músicas Brasileiras de uma Nação Cultural”. Serão apresentadas uma ópera que mostra o surgimento do grupo indígena baré, a história da música brasileira por meio dos programas de rádio das décadas de 1910 e 1920 e também a origem dos ritmos como o samba, lambada e guitarrada.

Programação

Quarta-feira, de  15h às 20h. Temas: “Palavra Cantada” e “Literatura de Cordel da poesia aos meus simples rabiscos” e “Brasil, sobrenome Norte”

Quinta-feira, de 09h às 10h, e 19h às 20h. Temas: “Palavra Cantada” e “Literatura de Cordel da poesia aos meus simples rabiscos “ e “Instrumental, o Brasil de vários ritmos”

Sexta-feira, de 9h às 10h/ 16h às 17h/ 17h30 às 18h30. Temas:  “O Imaginário Infantil”,  “Quase Setembro”

Sábado, de 9h às 10h/ 15h às 16h/ 17h às 18h/ 19h30 às 20h30. Temas: “Ópera Baré”, “Quase setembro”, “Como nossos Pais” e “Músicas Brasileiras de uma Nação Cultural”


Via Portal da Cultura

Comentários
Mostrar botões
Esconder botões
X