Praça da Matriz será reinaugurada com música e clima de Natal

Foto: Altemar Alcântara/Semcom Reinauguração Praça da Matriz Manaus

Nesta quarta-feira, 15/11, feriado da Proclamação da República, a Praça XV de Novembro, popularmente conhecida como Praça da Matriz, será novamente entregue à população pelo prefeito Arthur Virgílio Neto. O resgate histórico não estará somente na arquitetura, que foi revitalizada; a grande festa de reinauguração do espaço também vai relembrar grandes momentos da música amazonense e já entrar no clima natalino, com a entrega da primeira Árvore de Natal da cidade. A programação se iniciará às 16h e o trânsito na Avenida Eduardo Ribeiro, no trecho próximo ao Relógio Municipal, será interditado a partir das 6h.

Três grandes nomes da Música Popular Amazonense (MPA) cantarão no palco do evento. Lucilene Castro, Nunes Filho e Zezinho Corrêa farão um show assinado pelo maestro Paulo Marinho. A reinauguração da Matriz contará ainda com uma ‘Celebração de Bênção’, com a presença do Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sérgio Eduardo Castriani, além da presença do Ministro da Cultura (MinC), Sérgio Sá Leitão, e da presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa.

“É uma grande satisfação reinaugurar a Matriz com essa festa, até mesmo pelo valor simbólico que a própria igreja nos remete. A entrega da praça é um presente para a população e integra o projeto de ressignificação do Centro Histórico de Manaus, proposto pelo prefeito Arthur Neto e o vice Marcos Rotta”, comentou José Cardoso, vice-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

O palco será montado na lateral da Av. Eduardo Ribeiro, próximo ao Relógio Municipal, ponto turístico que também será entregue à população totalmente restaurado. O acesso é gratuito. No repertório musical, canções como “Nossa Senhora” e “Emoções”, do Rei Roberto Carlos; “Amazonas”, de Chico da Silva; e “Aquarela do Brasil”, além das toadas como “Tic Tic Tac” e “Ritmo Quente”, com o cantor Zezinho Corrêa.

“Os shows foram elaborados com muito carinho para essa ocasião especial; teremos uma banda base para acompanhar os artistas durante as apresentações, tudo para que a população possa prestigiar um belo evento”, comentou o maestro e arranjador Paulo Marinho, que assina a direção musical do evento.

Devoto de Nossa Senhora da Conceição, Nunes Filho comentou sobre a felicidade em participar dessa grande celebração à Matriz. “Sinto-me honrado por ser reconhecido e chamado para um momento tão especial e significativo para a nossa cidade que é a entrega da Matriz. Há muitos anos eu frequento a Igreja, onde vou e faço minhas orações, e amanhã iremos fazer um grande show”, destacou o cantor.

Os artistas farão suas apresentações em dois momentos, às 16h, na abertura, e às 18h20, após o descerramento da placa. O evento contará, ainda, com o coral de 30 alunos da Escola Municipal Dom Jacson Damasceno, que fica no bairro Jorge Teixeira, na zona Leste de Manaus. Com idades entre 11 e 14 anos, os estudantes apresentarão canções populares como “Maria Maria” e “Amigo”, de Milton Nascimento; e o “Caderno”, de Toquinho, entre outras.

Para um dos tenores do coral, Micaías Maciel Enes, de 13 anos, participar da reinauguração de um ponto turístico de Manaus é algo marcante para todos. “É um momento muito especial para todos nós. Participar de uma reinauguração de um lugar que conta a história da nossa cidade, podendo mostrar para os convidados o nosso trabalho, é gratificante”, comentou.

Trânsito

A Av. Eduardo Ribeiro será interditada a partir das 6h da manhã desta quarta-feira, 15/11, no trecho entre as avenidas Sete de Setembro e Marquês de Santa Cruz. Quinze agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) vão monitorar o trânsito para garantir o acesso seguro de pedestres ao evento.

Segundo o diretor de Controle e Gestão do órgão, Sandro Moacir, o terminal central de ônibus não terá o trânsito interrompido. No entanto, os agentes do Manaustrans vão monitorar a circulação dos veículos nas vias do entorno e verificar a possibilidade de outras intervenções na área.

“O acesso para a área da festa poderá ser feito pela rua Luiz Antony, rua Governador Vitório e avenida Sete de Setembro, que estará livre para o tráfego no trecho entre a Getúlio Vargas e Eduardo Ribeiro”, explicou Sandro.

Natal do Abraço

Durante a reinauguração da Praça da Matriz também será entregue à população a primeira árvore de Natal da cidade. A árvore criada pelo artista plástico Dã Alfaia irá ter 16 metros de altura por sete metros de diâmetro. Terá ainda uma ambientação rasteira com 10 metros de diâmetro, que recebeu o nome de “Jardim de Estrelas” e contará com caixas de presentes, arabescos, laços e estrelas.

“O conceito do Natal deste ano da Prefeitura de Manaus é o ‘Natal do Abraço’. Entendemos que o abraço é o gesto mais significativo do período de fim de ano, onde transmitimos os melhores sentimentos e desejos, e a entrega da Praça da Matriz é um grande abraço que a gestão do prefeito Arthur Neto está dando à cidade de Manaus. Não poderíamos escolher melhor data para inaugurar a decoração natalina da cidade”, destacou a vice-presidente do Fundo Manaus Solidária (FMS), Mônica Santaella.

A árvore de Natal da Praça da Matriz seguirá o conceito tradicional, conforme o artista plástico, especialmente por se tratar do local em que ela ficará exposta. Conforme Dã Alfaia, a Praça da Matriz está sendo entregue à população repaginada, mas mantendo o seu conceito original. As árvores do entorno da Árvore de Natal também receberão decoração: elas devem formar um “Céu de Estrelas” e embelezar ainda mais o cenário montado para que as pessoas visitem e se encantem.

“Não só a Árvore de Natal, mas outros elementos irão ser utilizados para compor esse clima natalino que encanta a todos. O resgate da tradição histórica da Praça da Matriz aliado a este clima natalino vai tornar o Natal da nossa cidade ainda mais bonito”, finalizou o artista plástico.

Nova Matriz

O espaço recebeu novas pinturas, instalação de bancos com iconografias da Belle Époque, instalação de gradis, iluminação, jardinagem, calçadas com pedras de São Tomé e as bancas de comida típicas, revista e o posto policial.

No antigo aviaquário foram encontradas pedras jacarés e lióz da criação original, vindas diretamente de Portugal. O local será isolado e sinalizado para visitação do primeiro achado arqueológico. As obras estão bem avançadas e respeitaram todas as recomendações do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

No futuro, o espaço receberá nova intervenção, assim como o chafariz, que, por conta do encerramento das atividades do programa federal “Monumenta”, ainda será restaurado.

Paisagismo

Para valorizar ainda mais o resgate da identidade do espaço, a prefeitura realizou um amplo trabalho de recomposição da arborização da Matriz. Foram 62 novas árvores plantadas e mais de dez mil mudas ornamentais distribuídas em 30 canteiros e jardins. Uma das novidades do projeto paisagístico do logradouro é a inclusão de oitizeiros no passeio público da rua 15 de Novembro, em frente ao Terminal da Matriz, com o plantio de 20 mudas da espécie. Ao todo, o conjunto arbóreo da Praça da Matriz agora conta com 163 árvores, incluindo as novas plantadas e as já existentes. O plantio integra as ações do projeto “Arboriza Manaus”.

“Também realizamos o resgate histórico em relação ao paisagismo e a arborização da Praça da Matriz, com o aval do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Foi possível revelar para a cidade a beleza de árvores centenárias, como é o caso do apuizeiro, situado num dos canteiros principais da praça, e espécies nobres como o mogno, também presente no conjunto arbóreo do logradouro”, explicou o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Antonio Nelson.

A limpeza da Matriz também recebeu reforço, com 20 servidores intensificando as ações. “O cuidado é com a jardinagem e implantação de mudas. Tudo isso para deixar a praça bonita e aprazível para receber de volta a população”, disse o subsecretário operacional da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), José Rebouças.


Equipe Viva Manaus – Com informações de assessoria

Comentários
Mostrar botões
Esconder botões
X