Identidade, política e negritude em pauta no Até o Tucupi

Foto: David Batista/Manauscult Seminario Até o Tucupi de Música

O Festival Até o Tucupi promoverá nesta quinta-feira, 23/11, uma programação voltada para discussões de identidade, política e juventude negra. O evento inclui exposições, debates e rodas de conversas gratuitas.

Das 9h às 11h, será realizado o debate “Políticas para a juventude negra e o Plano Municipal de Juventude”, na Escola Agrícola Rainha dos Apóstolos, quilômetro 23 da BR 174, no Distrito Agropecuário. Na escola será realizada ainda a Semana da Juventude – Exposição fotográfica “Personalidades Negras”.

Já à tarde, no Musa do Largo São Sebastião, no Centro, das 15 às 18h, estará aberta a Estação Wikipédia Personalidades Negras do Movimento Negro do Amazonas. Ainda no Musa, das 19h às 21h, ocorrerá a Roda de Conversa “Mais negras e negros na política”, que terá como facilitadoras Michelle Andrews e Priscila Carvalho.

Ainda no dia 23, das 18h às 21h, na sede do Coletivo Difusão, localizado na Rua Boa Sorte, 555, Presidente Vargas, acontecerá a oficina “Todas são manas – Introdução à produção de beats” (exclusiva para mulheres), com a DJ Naty Veiga. 

Seminário

Na última terça-feira, 21/12, o Até Tucupi promoveu o primeiro dia do Seminário Até o Tucupi de Música. O processo de produção musical e modelos de divulgação nas plataformas digitais foram temas abordados durante o debate. O evento foi realizado na Escola Superior de Artes e Turismo (Esat/UEA).

Na ocasião, a cantora e compositora Anne Jezini ministrou a palestra “Da composição às plataformas digitais” e abordou os principais processos de produção musical até sua distribuição nas mídias digitais como, por exemplo, Spotify, iTunes e Youtube.

“Essa palestra foi interessante, com foco nos artistas que desejam distribuir digitalmente seu trabalho, seus álbuns, seus singles. Eu já tenho dois discos distribuídos digitalmente, inclusive em um recebi o apoio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). Nesse processo, tive muitos erros e acertos. Na época que comecei, senti falta de eventos como esse que facilitariam muita coisa. Acho importante essa troca de informação”, comentou Anne Jezini.

A palestra foi mediada pelo professor Bernardo Mesquita, que destacou alguns pontos importantes citados pela palestrante. “O fluxo da informação é um processo importante. A Anne destacou pontos importantes, como o papel dos agregadores digitais, o que é um produtor fonográfico, assim como a importância das entidades arrecadadoras como, por exemplo, a União Brasileira de Compositores (UBC). Essa troca de conhecimento abre novos rumos para quem está iniciando no processo”, destacou Bernardo. 

Até o Tucupi

Esse ano, em edição comemorativa de 10 anos, o Festival Até o Tucupi de Artes Integradas é realizado pelo Coletivo Difusão. O evento iniciou no dia 20 e vai até o dia 25 de novembro. Shows musicais, exposições e palestras integram também a programação da Semana de Juventude de Manaus 2017. A celebração conta com apoio da Prefeitura de Manaus – por meio da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel) e Manauscult – e Governo do Estado do Amazonas, a partir da Secretaria de Estado da Cultura (SEC).


Mônica Figueiredo e David Batista
Equipe Viva Manaus

Comentários
Mostrar botões
Esconder botões
X