Espaço Aberto abre inscrições para 2ª temporada

Foto: Ingrid Anne/Manauscult Visita Técnica ao Teatro Amazonas

Até o dia 27 de janeiro, artistas de diferentes segmentos podem apresentar propostas para o Programa Espaço Aberto, da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), que, nesta segunda temporada, traz a possibilidade de cobrar ingressos de até R$ 20 e a inclusão de mais espaços para receber projetos, como o Teatro Amazonas, os parques e as praças da capital administradas pelo órgão.

O Espaço Aberto terá programação de fevereiro a dezembro. As propostas para ocupação nos meses de fevereiro e março serão aceitas até o dia 27 de janeiro; até o dia 5 de março, para os meses de abril e maio; para os meses de junho e julho até o dia 5 de maio; prazo até 5 de julho, para os meses de agosto e setembro; e até 5 de setembro, para os meses de outubro, novembro e dezembro.

As propostas podem ser enviadas pelos Correios, pelo e-mail [email protected] ou protocoladas na sede da Secretaria de Estado de Cultura, localizada na Avenida Sete de Setembro, 1546, Centro – anexo ao Centro Cultural Palácio Rio Negro.

Entre os espaços disponíveis para a segunda etapa do programa estão: Teatro Amazonas, Teatro Américo Alvarez, Teatro Jorge Bonates, Teatro Gebes Medeiros, Teatro da Instalação, Cine Teatro Aldemar Bonates (Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou), Cine Teatro Guarany, Cine Teatro Padre Pedro Vignola, Cine Teatro Comandante Ventura (Centro de Convivência do Idoso), Centro Cultural Casa das Artes, Centro Cultural Povos da Amazônia, Centro Cultural Palácio da Justiça, Centro Cultural Palácio Rio Negro, Largo de São Sebastião, Centro de Artes Visuais (Galeria do Largo), Centro Cultural Usina Chaminé; os parques Senador Jefferson Péres e Rio Negro; e as praças Antônio Bittencourt, Heliodoro Balbi, Roosevelt e Gonçalves Dias.

O diretor de centros culturais da SEC, Taciano Soares, destaca que o objetivo da secretaria, por meio do Espaço Aberto, é estreitar a relação de artistas com o público. “Essa política é substancial porque considera o mercado cultural algo que, a muitas mãos, precisa ser instituído para que os grupos do Amazonas tenham condições de profissionalizar sua relação com a população consumidora. É papel da SEC intermediar esse processo”, comenta o diretor.

Taciano ressalta que a expectativa para a segunda etapa é que haja uma resposta positiva por parte dos artistas, principalmente do audiovisual e artes visuais. O diretor enfatiza que a SEC está à disposição para responder dúvidas de artistas sobre o Espaço Aberto. Ele espera que mais projetos artísticos sejam enviados até o fim dos prazos bimestrais.

“Esse é o momento de tirar dúvidas e lembrar as pessoas das mudanças nas inscrições, como o fato de ser por lotes bimestrais, tanto nas inscrições quanto nas ocupações. Acreditamos que, como na primeira vez, a última semana seja a que praticamente 80% dos projetos cheguem”, comenta.

Taciano reforça que, para participar, o proponente deve incluir no projeto ficha de inscrição preenchida e assinada, apresentação do objeto de ocupação, ficha técnica, plano das ações a serem desenvolvidas, cronograma de execução, currículo ou portfólio, rider técnico e documentos obrigatórios para pessoa física ou pessoa jurídica, que podem ser conferidos no edital.

Todos os detalhes podem ser acessados no endereço editais.cultura.am.gov.br, aba Editais em Andamento ou pelo telefone (92) 3635-5832.


via Portal da Cultura

X