Cine Vídeo Tarumã exibe filmes vencedores do Oscar

Foto: A Forma da Água/Reprodução A Forma da Água (2018, Guillermo Del Toro)

Esta semana, o Cine Vídeo Tarumã exibe três dos principais filmes premiados no Oscar 2018: “Três Anúncios Para Um Crime”, “Dunkirk” e o grande vencedor da noite, “A Forma da Água”. As sessões são gratuitas e irão acontecer nos dias 19, 21 e 23 de março, com início sempre às 12h30. As exibições ocorrem no Auditório Rio Negro, localizado no hall do IFCHS, antigo ICHL, na Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Na segunda-feira, 19, a sessão conta com “Três Anúncios Para um Crime”. O filme, que fez sua estreia no Festival de Veneza, conta a história de Mildred Hayes, que perdeu sua filha há sete meses em um terrível crime e vê a polícia da cidade não encontrar nenhum suspeito. Assim, ela aluga três outdoors em uma estrada pouco usada para questionar as autoridades, mas o que acontece em seguida é uma espiral de ódio e vingança que se espalha pela cidade e questiona a moralidade de seus habitantes. Além de render a Frances McDormand seu segundo Oscar de Melhor Atriz, o filme também consagrou Sam Rockwell com seu primeiro prêmio na academia como Ator Coadjuvante.

Na quarta-feira, 21, será a vez de exibir “Dunkirk”. Último longa do aclamado diretor Christopher Nolan, o filme conta a história do resgate de soldados encurralados na cidade de Dunquerque, na França, após o fracasso destes em derrotar o avanço alemão na Segunda Guerra Mundial. O filme une em sua narrativa três momentos distintos da evacuação, contando a história de civis, militares e seus oficiais durante a complicada situação. O longa ganhou os Oscars de Melhor Edição, Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem de Som.

Por fim, na sexta-feira, 23, “A Forma da Água” irá finalizar as sessões da semana. Filme dirigido por Guillermo Del Toro, a história aborda a história de Eliza Esposito (Sally Hawkins), uma mulher muda que trabalha como faxineira em um laboratório militar americano. Um dia, uma misteriosa criatura aquática chega ao laboratório e, a partir daí, os dois criam uma relação. O filme, além de receber o prêmio de Melhor Filme e outras 12 indicações na premiação, também rendeu a Del Toro seu primeiro Oscar de Direção, juntando-se assim aos seus amigos e conterrâneos do México, Alfonso Cuarón e Alejandro G. Iñárritu, entre os vencedores da categoria nestes últimos cinco anos.


Com informações de assessoria

X