Junior Rodrigues lança projeto ‘Samba Sempre’ na Feira do Paço 2018

Foto: Divulgação

Completando 30 anos de carreira, Junior Rodrigues é um dos artistas mais conhecidos do samba amazonense. É ele quem comanda a roda de samba de raiz no primeiro dia da Feira do Paço 2018. O evento acontecerá neste sábado (07) e domingo (08), das 16h às 22h, no entorno da Praça Dom Pedro II, em frente ao Paço Municipal, no Centro Histórico.

Com três cd’s e um dvd gravados, Rodrigues passou por várias bandas, como Esquadrão do Samba e Ases do Pagode. Além de cantor e instrumentista, também é compositor, e tem entre suas obras canções gravadas por Alcione e Jorge Aragão.

Conhecido na noite manauara, o artista apresenta shows com repertório diferenciado, misturando samba, bossa nova e choro. No show deste sábado, apresentará no palco principal da feira o projeto ‘Samba Sempre’. “O projeto é de sambas inéditos que visa estimular compositores de samba a mostrar seus trabalhos e registrar em uma obra coletiva. Já lançamos mais de 25 sambas inéditos, inclusive de artistas de Porto Velho, Rio de Janeiro e Recife. A proposta é escrever na história do samba brasileiro uma página com os sambas amazonenses”, ressalta o sambista.

“Lançaremos também músicas inéditas. Aproveito para convidar os artistas interessados em mostrar seus sambas na maior feira de rua da cidade!”, complementa.

Promovida pela Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) Instituto Amazônia, a Feira do Paço ocupa todos os segundos finais de semana de cada mês as ruas Gabriel Salgado, Bernardo Ramos e parte da Avenida Sete de Setembro, no centro da cidade.

Com mais de 150 participantes envolvidos, a feira dispõe de área de produção criativa, área de alimentação, setor de moda, setor geek, área infantil, artes urbanas e outros espaços gratuitos para visitação. O evento conta, ainda, com uma programação multicultural diversificada, com mostra de trabalhos artísticos das áreas da música, dança e teatro. Um dos destaques dessa primeira edição do ano é o espetáculo “O Dia da Caça”, que será apresentado pela companhia paulista Las Cabaças.

A Feira

Em duas temporadas, a Feira do Paço já contribuiu com o trabalho de mais de duzentos microempreendedores, empresários e artesãos que puderam expor produtos e serviços na maior vitrine de rua da cidade. Desses, 60 iniciativas participam semanalmente do Programa de Desenvolvimento Manaus Economia Criativa (Pdmec), que identifica, organiza e fomenta esta nova economia que vem ganhando força e representatividade global, responsável por mais de 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) Brasileiro, segundo dados do Ministério da Cultura.

“A Feira do Paço é um projeto que nasceu há 3 anos com a proposta de reaproximar a sociedade do centro antigo, onde está concentrada a história da cidade. Desde a primeira edição em agosto de 2016, por meio da economia criativa, milhares de pessoas têm se apropriado dessa área para passear, conhecer, apreciar as novidades produzidas no Estado e gerar vida para essa parte do centro, contribuindo, inclusive, para a melhoria de renda dos moradores do entorno”, explica o gestor de Cultura e Economia Criativa do I.A. e produtor cultural Beto Contartesi.


Com informações da Assessoria

Deixe uma resposta

X