Curtas amazonenses estreiam no Cine Teatro Guarany

Foto: Divulgação/Sonhos, Todo Mundo Guarda Um Segredo

Curtas-metragens amazonenses serão os destaques do Cine Teatro Guarany nesta quarta, 30/5, e no sábado, 2/6, com exibição e lançamentos de obras cinematográficas produzidas no Amazonas. As sessões, realizadas pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, são gratuitas e acontecem sempre às 18h30.

Na quarta, 30, a sessão começa com o curta-metragem “Ruth – Vamos falar de medo?”, dirigido por Davi Marinho, e que conta história de uma jovem do interior, interpretada por Fabiana Maquiné, que veio à capital para cuidar de sua mãe hospitalizada e, em certo momento, precisa encarar seus medos: o pavor de ficar sozinha e um completo pânico da escuridão.

Em seguida, é a vez de “Brechó”, curta de Márcio Nascimento, vencedor do 2º Concurso de Roteiros do Amazonsat, e que mostra a simpática Dona Zélia, proprietária de um brechó que tem como cliente especial a jovem Andréia, dona de um terrível segredo.

O terceiro curta a ser exibido é “O Palhaço”, de Thiago Alencar, que acompanha Stenio (Aramys Vitor) e Amanda (Dinny Gomes), dois amigos que se mudam para uma casa onde ocorreu um assassinato de um palhaço e acabam despertando a ira de um espírito.

Lançamentos

Já no sábado, 2, acontece o lançamento de “Sonhos, todo mundo guarda algum segredo”, de Deborah Haven. O filme é uma produção do Coletivo de Cinema Dream House Pictures, e conta com o apoio da Secretaria de Estado de Cultura.

No filme trama, Nadir (Geísa Fröhlich) vive um triângulo amoroso entre sua prima, Fátima (Elis Marinheiro) e o Bernardo (Ítalo Castro), amigo de ambas. Porém, seus sentimentos de ciúmes crescem cada vez mais, quase se tornando obsessão. Nadir marca um encontro com sua prima e Bernardo em sua casa e lá estarão os motivos de sua angústia.

Ainda no sábado, também serão lançados os curtas “O Boneco” e “O Acorde”, que fazem parte da série mensal “Dream House Drops”, exibida no canal do Youtube Dream House Pictures. “O Boneco”, também de Deborah Haven, é inspirado na lenda urbana norte-americana em que uma babá e duas crianças têm de lidar com um misterioso boneco de palhaço na casa. Já “Acorde”, curta de Álex Alli, é baseado em uma história real de um rapaz que tem um estranho sonho, no qual não sabe se vive uma fantasia ou uma “falha na Matrix”.

Encerrando a sessão, “Rusalki, o mistério das águas”, de Deborah Haven, lançado em janeiro, ganha também uma reexibição para o público. O curta conta a história de Leon (Arthur Bulcão), um historiador que viaja por cidades remotas e acaba conhecendo Liz (Elis Marinheiro), uma viúva que tem dificuldades para enfrentar o recente desaparecimento de seu único filho. Mesmo assim, Liz permite que Leon passe noites em sua casa, porém coisas incomuns começam a acontecer.

Serviço

O quê: Exibição de curtas-metragens amazonenses no Cine Teatro Guarany
Quando: 30/5 (quarta) e 2/5 (sábado), sempre às 18h30
Onde: Cine Teatro Guarany – Av. Sete de Setembro, 1546, Centro (anexo à Vila Ninita)
Quanto: Gratuito


Com informações de asssessoria

Deixe uma resposta

X