Escritor e poeta Paes Loureiro ministra palestra em Manaus

Foto: Ingrid Anne/Manauscult Professor João de Jesus Paes Loureiro no Les Artistes Café Teatro, Manaus

No próximo dia 20, o escritor e poeta paraense João de Jesus Paes Loureiro ministrará, em Manaus, a palestra “Celebração do corpo: na dança, na arte, no amor e na poesia”. A atividade integra o Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGSociologia), da Universidade do Estado do Amazonas (Ufam), e tem o apoio da Prefeitura de Manaus.

Sob coordenação do professor Marcelo Seráfico, que também é o coordenador do programa, a palestra acontecerá às 14h, no auditório do Instituto Cultural Brasil-Estados Unidos (Icbeu), na Av. Joaquim Nabuco, Centro.

Paes Loureiro que é escritor, poeta e professor explica que sua palestra está relacionada à etnocenologia, que é uma forma de estudar o corpo, o respeitando na visão de todas as culturas, valorizando a imagem, a ideia, o conceito, o sentimento do corpo, pelo valor e pelo que representa integrado na sua cultura, sem discriminação, diferença ou hierarquia. “Minha atividade em Manaus nesta oportunidade será uma conferência sobre o tema ligado a uma corrente nova que há nos estudos das artes, que é a etnocenologia. Vou abordar a teoria artística e ao mesmo tempo levar em conta essa dimensão da etnocenologia”, explicou.

Na ocasião, o escritor deverá fazer uma relação da arte com o corpo nas suas diferentes dimensões, sobretudo a dança e o teatro, mas também, o corpo da fotografia, pintura e cinema, para em seguida compreender a dimensão do amor.

Nascido em Abaetetuba, no Pará, João de Jesus Paes Loureiro é poeta, prosador e ensaísta. Professor de Estética e Arte, concluiu seu doutorado em Sociologia da Cultura na Sorbonne, em Paris, com a tese “Cultura amazônica: uma poética do imaginário”. Sua obra poética tem sua universalidade construída a partir de signos do mundo amazônico – cultura, história, imaginário –, propiciando uma cosmovisão e particular leitura do mundo contemporâneo.

Paes Loureiro esteve em Manaus em abril de 2017, quando, na ocasião, participou da programação em alusão ao Dia Internacional do Livro, idealizada pelo professor José Seráfico e promovida pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

Já a palestra do dia 20 está sendo realizada pelo Programa de Pós Gradução em Sociologia da Ufam e Programa de Pós Graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia, com apoio da Manauscult e Icbeu.


Mônica Figueiredo
Equipe Viva Manaus

Deixe uma resposta

X