Prefeitura lança edital de R$ 2,6 mi para fomento às artes e cultura

Foto: Mário Oliveira/Semcom Manaus 04.07.2018. Prefeito Arthur Neto lança edital de cultura. Foto: Mário Oliveira/Semcom

A Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), lançou na tarde desta quarta-feira, 4/7, no Palácio Rio Branco, Centro, o Edital Concurso Prêmio Manaus de Conexões Culturais 2018. Nesta edição, o edital contemplará até 89 projetos voltados às artes e cultura num valor total de R$ 2,6 milhões.

Este é o 12º edital voltado às artes e cultura lançado em 2 mil dias de gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto. Além disso, é o primeiro edital lançado pela Prefeitura após a regulamentação do Sistema Municipal de Fomento à Cultura (Siscult), modelo de políticas públicas para a cultura, operado por meio de editais. O Siscult, aprovado pela Lei nº 2.214, de 4 de abril de 2017, foi regulamentado em abril deste ano e prevê o investimento de 30% do orçamento dos programas especiais da Manauscult em Carnaval, Folclore e Artes e Cultura.

“Desde 2013, já tivemos R$ 10,5 milhões empregados em editais de cultura, contando com o edital lançado hoje. Isso mostra como a área da cultura tem crescido na capital e, a partir dessa política de estado do Siscult, que assegura o fomento aos projetos artísticos da cidade, garantimos a expansão da nossa cultura e a tornamos pujante aos olhos do mundo”, destacou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

De 2013 a 2018, a Prefeitura de Manaus investiu em editais de Cultura um montante de R$ 10,5 milhões, resultando em ações em todas as modalidades culturais, como teatro, dança, música, shows, gravações de CD, videoclipes, filmes, ocupações artísticas, manifestações folclóricas, Carnaval, intercâmbio cultural, entre outros.

Segundo o diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula, em 2017, o edital de Conexões Culturais destinou o valor de R$ 2 milhões para apoiar até 75 projetos. Na ocasião, mais de 580 projetos foram inscritos. Bernardo destacou ainda a importância da consolidação do Siscult como forma de política pública que oportuniza aos artistas e à população a escolha de suas próprias finalidades culturais, fortalecendo a identidade cultural de Manaus, expressa em uma diversidade singular dos modos de fazer e de saberes.

“Este edital é fruto do Siscult, fruto do investimento do prefeito Arthur Virgílio em políticas públicas que consolidam o fomento às atividades artístico-culturais, democratizam o acesso aos bens culturais na cidade de Manaus e oportunizam aos artistas e à população a escolha de suas próprias finalidades culturais. É um fortalecimento da diversidade da nossa identidade cultural”, afirmou Monteiro de Paula.

Projetos

A classe artística aprovou a iniciativa. O músico Erick Omena, da banda Luneta Mágica, por exemplo, participou da edição anterior do edital e pretende se inscrever novamente. “Nós fomos contemplados no edital de 2017, recebemos o recurso agora e vamos dar início a produção do CD, que foi o projeto contemplado no Conexões Culturais. Nesta nova edição, vamos apresentar outros projetos. Além da circulação da Luneta Mágica, vamos propor um projeto de conexão com artistas de outros estados”, contou.

Já o dançarino Getúlio Lima ressaltou a importância do edital para os agentes culturais da cidade e o processo democrático que envolve a sociedade e perpassa desde a consulta pública da minuta à escolha da comissão de seleção dos projetos.

“Na edição anterior, eu participei como curador. Acho esse edital extremamente importante para o fomento da arte na nossa cidade. Eu, como artista independente, não tenho um projeto específico para concorrer, mas estou aberto à curadoria e estou contente com o relançamento do edital, pois temos muitos grupos e artistas com trabalhos interessantes na cidade. Fiquei surpreso quando os artistas votaram em mim para ser curador na edição passada, já que eu não me indiquei. Alguém sugeriu meu nome e votaram. Isso mostra um reconhecimento do trabalho que desenvolvo”, salientou.

Conexões Culturais

Poderão concorrer ao Edital Concurso Prêmio Manaus de Conexões Culturais 2018 projetos nas categorias de Produção, Formação, Difusão, Residências e Intercâmbios, Ocupação Artística e/ou Cultural em equipamentos culturais. Cada categoria está dividida em três módulos financeiros, nos valores de: Módulo 1 – R$ 10 mil; Módulo 2 – 30 mil; Módulo 3 – R$ 60 mil.

Podem se inscrever pessoas físicas ou pessoas jurídicas. Cada concorrente poderá inscrever quantos projetos desejar, obedecendo ainda ao disposto no item 2.6 do edital, podendo ser contemplado com até dois projetos desde que em categorias e módulos financeiros distintos, salvo as exceções previstas no certame. Cada projeto poderá ser inscrito uma única vez, em apenas uma categoria e um módulo financeiro.

As inscrições poderão ser feitas de maneira física, na sede da Manauscult, na avenida André Araújo, 2767, Aleixo, zona Centro-Sul, das 8h às 17h ou por meio do e-mail [email protected].

O edital foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM) ainda nesta quarta-feira e já pode ser consultado aqui no site.


Equipe Viva Manaus

Deixe uma resposta

X