Turistas devem injetar mais de R$ 2 mi na economia amazonense em janeiro

Foto: David Batista/Manauscult Navio MV Le Champlain, Temporada de Cruzeiros, Fotos David Batista

A chegada de três navios no Amazonas, com aproximadamente 3,5 mil turistas estrangeiros, no mês de janeiro, deve injetar na economia amazonense aproximadamente R$ 2,1 milhões (577,5 mil dólares), movimentando a cadeia do turismo, conforme projeção da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur).

O primeiro cruzeiro a atracar no Porto de Manaus, no centro, é o M/S Aurora, com mais de 2,7 mil estrangeiros, entre passageiros e tripulantes. Vinda da Inglaterra, a embarcação chegará às 9h desta sexta-feira, 18/01, e partirá no sábado, 19/01, às 17h, rumo a Parintins (AM).

De acordo com dados da Amazonastur, em média, um visitante de cruzeiro gasta durante a passagem pela cidade cerca de R$ 753 (203 dólares), movimentando toda a economia local. Com a vinda dos visitantes de cruzeiro, a cadeia do turismo é movimentada por meio dos operadores, que contratam os serviços para atender os excursionistas, como por exemplo, guias turísticos, motoristas de ônibus e de vans, pilotos de embarcações, restaurantes, entre outros.

De olho no melhor atendimento ao visitante, a presidente da Amazonastur, Roselene Medeiros, reuniu, no dia 4/1, os operadores de cruzeiro para ouvir a categoria e discutir estratégias para alavancar a chegada dos turistas no estado. “Infelizmente houve uma queda no número de navios que atracaram em Manaus. Em 2017/2018, foram 21 navios, e esse número caiu para 15 nessa última temporada. Temos que reverter esse quadro. Os cruzeiros são importantes para economia do nosso estado, além de servirem como instrumento para divulgar o Amazonas internacionalmente”, destacou a presidente.

Temporada

Oito navios já passaram pelo Amazonas durante a atual temporada (2018/2019), iniciada no dia 17 de novembro do ano passado. Até o mês de abril, está prevista a chegada de mais quatro cruzeiros, alcançando a marca de 15 cruzeiros.

Visitante

A expectativa é que no mês de janeiro 60 mil turistas, entre estrangeiros e brasileiros, desembarquem no Amazonas, por cruzeiros, voos nacionais e internacionais, e demais meios. Entre as ações desenvolvidas pela Amazonastur para melhor atender os turistas estão a regularização dos prestadores de serviços, atualização de informação promocional, bem como a ampliação do horário de funcionamento do Centro de Atendimento ao Turista (CAT).


Com informações de assessoria (via Amazonastur)

X