Espetáculo "Helena", do Ateliê 23

Em um misto de companhias e artistas já consagrados na cidade com a nova geração de artistas que atuam na cena teatral local, a 13ª Mostra de Teatro do Amazonas, que acontecerá da próxima quinta a domingo, 6 a 9/6, com espetáculos em dois horários, às 10h e 20h, no Les Artistes Café Teatro, no Centro Histórico de Manaus, comemorará ainda os 40 anos de atividades da Federação de Teatro do Amazonas (Fetam). O evento tem o apoio da Prefeitura de Manaus.

Para a edição comemorativa, a curadoria do evento, formada pelo diretor artístico, produtor cultural e presidente da Fetam, Tércio Silva, e pelo ator, diretor artístico e vice-presidente da Fetam, Wallace Abreu, selecionou oito espetáculos, com classificações infantojuvenil e adulto, todos de autoria local.

Segundo Tércio Silva, a seleção buscou priorizar conteúdos que abordassem assuntos da atual situação do país, como política e relações sociais, além de abrir espaço a novos artistas da cena teatral local.

“Os problemas sociais propõem uma renovação da cena artística teatral. Vamos apresentar ao público um misto de companhias e artistas já consagrados na cidade com a nova geração de artistas que atuam na cena local. Além dos espetáculos, esta edição comemorativa terá lançamento de livro, atividades formativas e homenagens”, disse Silva.

Atividades formativas

Além dos debates, a programação da 13ª Mostra de Teatro do Amazonas realizará ainda lançamento de livro e oficinas, com a participação de atores e diretores de companhias teatrais locais e nacionais. Todas as atividades serão realizadas gratuitamente no Les Artistes Café Teatro, das 14h às 17h.

Abrindo a programação, na quinta-feira, 6/6, acontecerá o lançamento do livro “Teatro e Resistência”, de Zemaria Pinto. Ensaísta, dramaturgo, crítico e poeta, Zemaria é formado em Economia pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), onde também fez especialização em Literatura Brasileira. É mestre em Estudos Literários, membro da Academia Amazonense de Letras, desde 2004, e tem outros 13 livros publicados.

Na sexta-feira, 7/6, será a vez da atuação do diretor, ator e cenógrafo amazonense Nonato Tavares, com a atividade “Teatro e Resistência”. Fundador da companhia de teatro Vitória Régia, referência de teatro em Manaus, a companhia é criadora de montagens marcantes no Teatro Amazonas como ‘A maravilhosa estória do sapo Tarô-Bequê’, ‘Tributo a Chico Mendes’, ‘Piquenique no front’, ‘O que era e o que não devia ser’ e ‘Papai cumpriu sua missão’.

No sábado, 8/6, a oficina “Processos e perspectivas do fazer teatral” terá a mestria da atriz, diretora e produtora de teatro Débora Dubois. Promovendo a constante inserção do universo brasileiro, tanto da dramaturgia como da música, Débora iniciou sua carreira teatral priorizando as exigentes plateias jovens.

Com mais de 30 espetáculos no currículo, trabalhou com grandes atores da cena teatral brasileira, como Renato Borghi, Mel Lisboa, Cássio Scapin, Amanda Acosta e Flavio Tolezani. Nos últimos nove anos, teve o músico e compositor Zeca Baleiro como parceiro na empreitada de unir música e cena nos palcos.

Homenageados

Na edição comemorativa, a Fetam homenageará Nereide Santiago, dramaturga e diretora teatral da Companhia A Rã Qi Ri. As homenagens se estenderão ainda em memória a Fábio Marques, Luis Vitalli e Selma Bustamante.

Programação

Onde: Les Artistes Café Teatro – Av. Sete de Setembro, 377, Centro
Quanto: Gratuito

6/6 (quinta-feira)

19h – Lançamento do livro “Teatro e Resistência”, de Zemaria Pinto
20h – Cerimônia de abertura e homenagens
20h30 – “Quarto Azul”, do Grupo Jurubebas de Teatro

7/6 (sexta-feira)

10h – “O Palhaço de La Mancha”, da Cacompanhia de Artes Cênicas
14h às 18h – Oficina “Teatro e Resistência”, com Nonato Tavares
20h – “Caminhão a Galope”, da Panorando Produções

8/6 (sábado)

10h – “Interditado”, de Karine Magalhães
14h às 17h – Oficina “Processos e perspectivas do fazer teatral”, com Débora Dubois
20h – “Quantas Histórias Habitam Suas Memórias?”, da Espatódea Trupe

9/6 (domingo)

10h – “Algodão Doce”, da Cia. Arte em Movimento Zona Cultural
19h – “Ambrozhya e o Phantasma da Arte”, da Cia. Apareceu a Margarida (esta apresentação acontece exclusivamente no Teatro Gebes Medeiros – Av. Eduardo Ribeiro, Ideal Clube, Centro)
20h – “Helena”, do Ateliê 23


Jéssica Rebello
Equipe Viva Manaus