‘Mensageiros de Francisco’, espetáculo do Balé Folclórico do Amazonas, retrata como a religiosidade dos ribeirinhos e a relação com São Francisco. Foto: Michael Dantas

Depois do 22º Festival Amazonas de Ópera, os Corpos Artísticos voltam ao palco do Teatro Amazonas a partir desta terça-feira, 4/6, com a apresentação do espetáculo “Mensageiros de Francisco”, do Balé Folclórico do Amazonas. Ainda nesta semana, o Corpo de Dança do Amazonas (CDA) apresenta “Mata”, na quarta-feira, 5/6, e a Amazonas Band celebra grandes compositores do jazz em um concerto na quinta-feira, 6/6.

Os eventos, que têm realização do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), terão entrada gratuita e serão sempre apresentados às 20h.

‘Mensageiros de Francisco’

O espetáculo do Balé Folclórico do Amazonas retrata como a religiosidade dos ribeirinhos e a relação com São Francisco interfere na pesca, nas ações das mulheres e na vida das crianças ribeirinhas.

Encenada pelos 24 bailarinos que formam a companhia, a obra é acompanhada por um repertório de músicas do grupo Raízes Caboclas. “Trata-se de um espetáculo totalmente regional, até mesmo nos objetos cênicos, pois utilizaremos cuias, remos, chapéus de palha, entre outros adereços”, destaca a assistente de direção do Balé Folclórico, Magda Carvalho.

“Assim como as demais, essa apresentação também oferece ao público um conhecimento sobre histórias que nos norteiam e lendas que fazem parte da nossa cultura local”, complementa Magda.

A classificação indicativa de “Mensageiros de Francisco” é livre.

‘Mata’

O intuito de tentar fazer o público refletir sobre o futuro e a cultura ameaçada do povo indígena foi inspiração para “Mata’’, do coreógrafo Clébio Oliveira. A apresentação do Corpo de Dança do Amazonas (CDA) sugere momentos de tensão e conflito. A classificação indicativa é de 14 anos.

De acordo com o diretor do espetáculo, Getúlio Lima, a performance exige muito tecnicamente e artisticamente de cada bailarino. “É sempre uma grande satisfação colocar o CDA no palco”, ressalta.

‘Jazz, Blues, Mainstream, Cool, Bop, Fusion’

Duke Ellington, Thad Jones, John Coltrane, Bob Mintzer, Eddie Palmieri são compositores de jazz que serão celebrados no concerto “Jazz, Blues, Mainstream, Cool, Bop, Fusion”, que será apresentado na quinta-feira, 6/6), às 20h.

De acordo com o maestro Rui Carvalho, regente titular do Amazonas Band, é a primeira vez que um concerto avisa ampliar o conhecimento da plateia sobre o jazz. “Não é uma homenagem ao Jazz, mas de certa forma, uma homenagem aos compositores presentes no programa”, explica o maestro.

O concerto tem classificação livre.

Serviço

O quê: “Mensageiros de Francisco”, com o Balé Folclórico do Amazonas
Quando: 04/06 (terça-feira), às 20h
Onde: Teatro Amazonas – Av. Eduardo Ribeiro, Centro
Classificação: Livre

O quê: “Mata”, com o Corpo de Dança do Amazonas
Quando: 05/06 (quarta-feira), às 20h
Onde: Teatro Amazonas – Av. Eduardo Ribeiro, Centro
Classificação: Livre

O quê: Concerto “Jazz, Blues, Mainstream, Cool, Bop, Fusion”, com a Amazonas Band
Quando: 06/06 (quinta-feira), às 20h
Onde: Teatro Amazonas – Av. Eduardo Ribeiro, Centro
Classificação: Livre


Com informações de assessoria (via SEC/AM)