Apuração do Festival Folclórico do Amazonas (Prata) - 22/08/2019 Apuração do Festival Folclórico do Amazonas (Prata) - 22/08/2019 Fotos: Leonardo Leão/Manauscult
Apuração do Festival Folclórico do Amazonas (Prata) - 22/08/2019 Apuração do Festival Folclórico do Amazonas (Prata) - 22/08/2019 Fotos: Leonardo Leão/Manauscult

Na última quinta-feira, 22/8, foram anunciados os 14 vencedores da Categoria Prata do 63° Festival Folclórico do Amazonas, que este ano aconteceu de 9 a 20/8, no Anfiteatro da Ponta Negra, zona Oeste. A apuração ocorreu durante a tarde, no Les Artistes Café Teatro, situado no Centro Histórico de Manaus.

Representantes da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), juntamente com a comissão organizadora e líderes de cada grupo folclórico realizaram a abertura dos envelopes com as notas dos cinco jurados.

As notas dos jurados poderiam variar entre 5 e 10, com penalidades previstas em regulamento, caso os grupos não cumprissem com o número mínimo de brincantes ou estourassem o tempo previsto para a apresentação – 35 minutos –, por exemplo.

Apuração do Festival Folclórico do Amazonas (Prata) - 22/08/2019

Modalidades

Todos os primeiros colocados de cada modalidade subirão para a Categoria Ouro, em 2020. Os últimos colocados de cada categoria descerão para a Categoria Bronze. Os grupos que não se apresentaram durante o calendário do evento foram excluídos do Festival Folclórico do Amazonas.

Na modalidade Quadrilha Tradicional, três grupos folclóricos, Nhô Chico Junino, Explosão na Roça e Gald na Roça, atingiram a pontuação máxima de 450 pontos, dividindo assim, o primeiro lugar, subindo todos para a Categoria Ouro.

“O grupo Nhô Chico Junino fez um belo trabalho, de renovação e, graças a Deus, uma vitória com muita emoção. Foram muitas dificuldades, muito trabalho, muita união. E é uma grande emoção subir para a Ouro e vamos para vencer também. Quero agradecer a todos os brincantes pelo brilhante trabalho”, comemorou o integrante do grupo, Mayke Moreno.

A quadrilha tradicional Unidos do Alvorada ocupou o segundo lugar da categoria, com 449,60 pontos.

Confira os grupos campeões por modalidade e que, a partir do próximo ano, passam a integrar a Categoria Ouro.

  1. Quadrilha Tradicional: Nhô Chico Junino; Explosão Junina na Roça; Gald na Roça – 450 pontos (empate)
  2. Ciranda: Princesinha da Vila – 450 pontos
  3. Dança Nordestina: Vingadores do Sertão – 449,4 pontos
  4. Quadrilha Cômica: As Poderosas na Roça – 449,8 pontos
  5. Quadrilha de Duelo: Os Intocáveis na Roça – 446,1 pontos
  6. Dança Internacional: Grupo Amazonas Artes Livres de Dança (GAALD) – 499,9 pontos
  7. Dança Alternativa: Guardiões das Estrelas – 399,2 pontos
  8. Dança Nacional: Afro Brasileira – 449 pontos
  9. Tribo: Tikunas Belezas Naturais – 430,2 pontos
  10. Cacetinho: Tarianos do Ifam – 431,4 pontos
  11. Dança Regional: Serafina – 442,9 pontos
  12. Garrote Regional: Renascer – 644,7 pontos

Jéssica Rebello
Equipe Viva Manaus