Foto: Mayrlla Motta
Foto: Mayrlla Motta

Levando para o festival uma mistura de rap, rock, soul e beiradão, a banda Manauaras em Extinção iniciou as apresentações no palco Coreto, mostrando toda sua versatilidade musical. Com músicas de seu novo EP, os vocalistas Jander Manauara e Denis L.D.O esbanjaram energia com músicas que exaltam peculiaridades da região amazônica. Já nos intervalos, o grupo Gandhicats dançou e interagiu com o público.

Logo após, Mão pra Riba assumiu o Coreto com um repertório baseado em forró, xote, maracatu e outros estilos, seguindo o lema “Nordeste no Norte do Brasil”. Clássicos como “Vida do Viajante”, de Luiz Gonzaga, por exemplo, agitou o público na Praça Dom Pedro II.

Durante o show, a assistente social Vanessa Calixto aproveitou para dançar a famosa canção nordestina. “É minha primeira vez nesse festival e me surpreendi positivamente. Sou cearense, moro há dois anos aqui e fico muito feliz por esse investimento na cultura. Vim com a minha família, estou adorando o espaço. Esse forrozinho eu gosto bastante, porque lembra da minha cultura”, declarou.


Thaís Waughan

Equipe Viva Manaus