O terceiro dia de Festival Passo a Paço 2019 já começou esquentando no clima de arrocha: o célebre “rei” do gênero, Guto Lima, levou seu repertório potente para o público do evento no começo da noite deste sábado, 7/9, reunindo uma multidão no Palco da Banana, dentro do Porto de Manaus.

Depois de cantar sucessos como “Chifre não é asa” e “Solteiro não trai”, o cantor amazonense encerrou o show lançando DVDs gratuitos em direção à plateia.

“Estou aqui pela primeira vez e fico feliz em participar desse evento que reúne grandes artistas e ser um deles. Agradeço também ao carinho dos amazonenses que vieram me prestigiar e de outros estados também”, afirmou Guto.

No público, a aposentada Socorro Menezes, 63, aproveitou o show. “Eu adoro o Guto Lima, e também sou fã do pai dele. Eu vim do Coroado só para assisti-lo”, comentou ela, que disse também já ter visto a Roberta Miranda, Ludmila e no aguardo por Zeca Pagodinho.

Foto: Zeca Barcellos/Manauscult

Acessibilidade

Quem também veio somente prestigiar o “rei do arrocha” foi a dona de casa Nadir Braga Saldanha, 52, que trouxe o marido usuário de cadeira de rodas. “Achei ótimo este espaço reservado. Eu já vim em outras edições, mas ele veio pela primeira vez, e ficamos felizes em poder assistir o show tranquilamente”, ressaltou.

Foto: Zeca Barcellos/Manauscult

Hip-hop e força feminina

Antes do arrocha, quem abriu a programação do terceiro dia no Palco da Banana foi a dupla Lary Go & Strela, que comandou o palco com seu hip-hop autoral.

Com músicas que abordam a representatividade feminina e o cotidiano manauara, as artistas levaram diversos convidados ao show, como o DJ Rani, o grupo de dança Virtuous Girls, e participações especiais de Catarina Eduarda, Karen Francis, Bombartick Rodrigues e Iago Banjar.

“Essa foi a nossa primeira vez nos apresentando no Festival e achamos maravilhoso. É muito bom ver o nosso trabalho sendo reconhecido, levando a voz da periferia, das mulheres e da zona Norte para todos”, declaram as artistas.

Pelo Palco da Banana ainda passará hoje a última atração nacional do local, Baco Exu do Blues.

Foto: Zeca Barcellos/Manauscult

Com informações de Fabrinne Guimarães, Mayrlla Mota e Thaís Waughan
Equipe Viva Manaus