Comissão de Seleção do Edital Prêmio Manaus de Conexões Culturais 2017
Comissão de Seleção do Edital Prêmio Manaus de Conexões Culturais 2017 - Foto: Steffanie Schmidt/Manauscult

A Prefeitura de Manaus divulgou nesta quarta, 18/9, os classificados nas inscrições para interessados em compor a Comissão de Seleção do Edital Prêmio Manaus de Conexões Culturais 2019.

Dos três proponentes inscritos, dois foram classificados e considerados aptos a participar da comissão, demonstrando preencher todos os requisitos exigidos: o bailarino e professor de dança clássica Getúlio Lima e a coreógrafa, professora e pesquisadora de dança Meireane Carvalho.

Os dois candidatos classificados serão nomeados para a Comissão de Seleção apenas se suas agendas estiverem disponíveis para o período de análise, estimado para o mês de novembro de 2019, e se os mesmos estiverem de acordo com as condições de contratação.

Por conta do número de classificados, não haverá fase de votação aberta aos agentes culturais: a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) entrará em contato diretamente com os classificados para oferecer as condições de participação. Além disso, um terceiro membro local será nomeado diretamente pela fundação, dentro das regras vigentes do edital, para compor a comissão.

Para serem classificados, os proponentes tiveram que apresentar notório conhecimento nas áreas das artes e cultura e experiência comprovada de participação em comissões de avaliação de projetos culturais, além de habilidades para a elaboração de pareceres de forma clara, objetiva e impessoal, e, ainda, residir no município de Manaus.

Seleção

A Comissão de Seleção do edital de Conexões Culturais será formada por sete membros no total: um membro da Manauscult; três externos, de fora do município de Manaus, escolhidos pela Manauscult; e três membros externos locais, residentes na capital, escolhidos a partir das inscrições abertas aos interessados em participar.

A comissão será responsável por avaliar os projetos inscritos no edital que, este ano, soma R$ 3 milhões. Adotado desde 2017 pela Prefeitura de Manaus, o projeto de seleção de avaliadores visa à democratização da escolha dos projetos, inserindo, nesse contexto, a participação da sociedade civil na gestão de suas próprias finalidades culturais.

Os nomeados para compor a Comissão de Seleção não poderão participar como colaboradores na elaboração dos projetos inscritos no edital Prêmio Manaus de Conexões Culturais 2019, bem como não poderão compor as fichas técnicas de projetos inscritos e não poderão participar de nenhuma forma da realização dos projetos aprovados no edital.


Thaís Waughan
Equipe Viva Manaus