Espetáculo "Clowntidiano" - Foto: Divulgação/Festival de Teatro da Amazônia

Até esta sexta-feira, 27/9, grupos, companhias e artistas teatrais de todo o Brasil poderão inscrever seus projetos de espetáculo para o 14º Festival de Teatro da Amazônia (FTA). As inscrições são realizadas exclusivamente por formulário online, disponível aqui. O festival conta com o apoio do Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado da Cultura (SEC).

O proponente deverá enviar sinopse do texto inscrito, projeto de montagem e concepção cênica, currículo do grupo, currículo do diretor, 5 (cinco) fotos do trabalho em alta resolução com créditos do fotógrafo, portfólio artístico e/ou clipping do espetáculo inscrito, liberação de direitos autorais, necessidade técnica (rider técnico de luz e som), mapa de luz, sonorização e palco, liberação de uso de imagem de cada membro do grupo e, por fim, link de vídeo no Youtube do espetáculo, na íntegra e sem edição. O regulamento completo também pode ser consultado na íntegra aqui.

Para o presidente da Federação de Teatro do Amazonas (Fetam), Tércio Silva, o festival deste ano terá um caráter de resgate do formato de suas primeiras edições, com a presença do teatreiro Nonato Tavares, idealizador do FTA, como diretor artístico desta edição. Tércio revela que no primeiro dia do lançamento do edital, dia 18 último, a entidade já recebeu 33 inscrições. “A nossa expectativa é a realização de um grande festival, resgatando sua essência, com foco na união e fortalecimento dos artistas de teatro. A boa procura nas inscrições nos prova o que está por vir”, contou o presidente.

Serão escolhidos 13 espetáculos para compor a programação da Mostra Jurupari, oficial e não-competitiva, definida para o período de 9 a 13 de outubro, no Teatro Amazonas e em espaços alternativos, como Casarão de Ideias e Ateliê 23. Cada montagem selecionada receberá um cachê no valor de R$ 10 mil. O 14º FTA segue com a missão de valorizar e difundir as produções teatrais locais e nacionais, com foco no intercâmbio, atividades pedagógicas, encontros setoriais, debates e lançamentos de livros.


Com informações de assessoria