Lançamento do roteiro inclusivo para pessoas surdas no INPA/Bosque da Ciência - Foto: Leonardo Leão/Manauscult

O Observatório de Turismo da Universidade do Estado do Amazonas (Observatur/UEA), em parceria com a Map Innovation, promove nesta quarta-feira, 2/10, o circuito de palestras “Percepção da Acessibilidade nos Espaços de Lazer e Cultura em Manaus”. Além de palestras, acontecerão rodas de conversas voltadas ao tema. O evento conta com o apoio da Prefeitura de Manaus e acontecerá no auditório da Ciência, no Bosque da Ciência, localizado na avenida Bem-Te-Vi, s/n, Petrópolis, zona Sul.

Das 9h às 12h, o auditório da Ciência contará com palestras e rodas de conversa, envolvendo de acadêmicos a representantes de associações, espaços e projetos, ligados à assistência de pessoas com algum tipo de deficiência.

Na ocasião, os especialistas irão abordar sobre as barreiras que limitam o uso pleno da pessoa com deficiência nos espaços de lazer e cultura em Manaus, bem como discutir as iniciativas que mobilizam suas ações. A proposta é encerrar o evento com encaminhamento para continuidade das ações.

Para a coordenadora do Grupo de Pesquisa Observatório do Turismo da UEA, Selma Batista, que segue a linha de pesquisa sobre acessibilidade, o evento se propõe a ouvir pessoas com deficiência, seja qual for o tipo, para que elas digam suas impressões e percepções a respeito dos espaços de lazer em Manaus e se estes atendem as suas necessidades.

“Com isso, queremos conduzir melhoras em nossas pesquisas e ações sobre acessibilidade, rompendo essas barreiras comunicacionais e estruturais, que ainda encontramos. Já possuímos espaços que atendam pessoas com necessidades, porém, a ideia é que mais deles sejam implementados, contribuindo também para que o turismo em nossa cidade cresça e possa ser acessível a todos”, explicou Selma.

Além disso, durante o evento, haverá a presença dos intérpretes de Libras Cláudio Luis Silva Saraiva e Socorro Iris de Souza. Já no encerramento, o auditório receberá uma apresentação do Coral em Libras.

A inscrição para participar é gratuita, e deve ser feita por meio de formulário online. Os participantes receberão certificado de horas complementares.

Programação

9h – Abertura
9h10 – Dalmir Pacheco (mobilidade reduzida) – Doutor em educação e coordenador do Núcleo de Tecnologia Assistiva (Apoema – Ifam)
9h30 – Gilson Pereira (cego) – Gerente da Biblioteca Braille do Amazonas (BBAM)
9h50 – Gilberto Júnior (surdo) – Acadêmico de Educação Física na UEA
10h10 – Roda de conversa
10h30 – Marcelo Costa (surdo) – Presidente da Associação dos Surdos de Manaus (Asman)
10h50 – Nancy Segadilha (cadeirante) – Advogada e vice-diretora da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Seped), e ativista dos Direitos da Pessoa com Deficiência (PCD)
11h10 – Manuel Cardoso – Idealizador do Projeto “Giulia Mãos Que Falam” e diretor executivo da MAP Innovation
11h30 – Roda de conversa
11h50 – Apresentação do Coral em Libras
12h00 – Encerramento

Thaís Waughan
Equipe Viva Manaus