Boi Manaus 2018 - 20.10.2018 - Foto_ João Pedro Figueiredo_Semcom
Primeira noite do Boi Manaus 2018 - Foto: João Pedro Figueiredo/Semcom

As inscrições para o processo de seleção de artistas para o Boi Manaus 2019, lançado pela Prefeitura de Manaus, chega ao fim na próxima segunda-feira, dia 7/10. A seleção tem como objetivo escolher um novo artista para compor a programação da tradicional festa que comemorará o aniversário dos 350 anos de Manaus. O Boi Manaus 2019 acontecerá nos dias 23 e 24 de outubro, no Complexo Turístico Ponta Negra, zona Oeste.

O processo seletivo teve início na terça-feira, dia 1°/10. Aos candidatos interessados em se inscrever, é necessário entregar portfólio físico, que comprove cinco anos de atuação como artista de boi-bumbá. O portfólio deverá ser entregue em horário comercial, das 8h às 17h, no protocolo da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), localizada na avenida André Araújo, 2.767, Aleixo, zona Centro-Sul.

Para comprovar os cinco anos de atuação no boi-bumbá, os artistas podem entregar matérias de jornais, sites, portais e revistas, com nome do veículo e data especificados, CDs e DVDs, cujo peso na pontuação é um; além de cartas de indicação assinadas pelos presidentes dos movimentos e pelos presidentes oficiais dos bois-bumbás, de Manaus e de Parintins, que terão peso dois no processo de seleção. A quantidade de material é ilimitada. Não serão aceitas postagens de redes sociais.

A proposta foi uma decisão conjunta entre a Manauscult e a Comissão de Artistas do Boi Manaus com o objetivo de renovar o elenco de artistas e dar oportunidade aos talentos que queiram se apresentar na festa que tradicionalmente comemora o aniversário da cidade.

Outra decisão feita em comum acordo é a de que os três artistas que saíram da programação no ano passado – Ricardo Lyra e Renato Freitas, por deixarem de se apresentar, e Cezar Pinheiro, por conta da pontuação -, não precisarão apresentar portfólio, pois estarão automaticamente inscritos.

Comissão

Três representantes da Comissão de Artistas do Boi Manaus e dois servidores da Manauscult ficarão responsáveis por avaliar os portfólios e selecionar os nomes que irão para a seletiva junto aos jurados.

A Comissão de Artistas do Boi Manaus, atualmente, é composta por Leonardo Castelo, Prince do Boi e Robson Júnior. Os servidores da Manauscult, bem como os jurados, serão designados pelo diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula.

Segunda etapa

Os artistas selecionados por meio de portfólio farão a apresentação de três músicas mediante um corpo de jurados, em um estúdio de gravação, no dia 20/10, por ordem de sorteio. A Manauscult será responsável pelo espaço e pela banda base que gravará com os candidatos no dia da audição.

A dinâmica foi acordada com os artistas em reunião realizada na sede da Manauscult, no último dia 13 de setembro, e visa dar maior acuidade para a análise da técnica vocal. Cada candidato terá direito a apresentar três músicas.

Os jurados que avaliarão os novos nomes serão os mesmos que julgarão as apresentações dos artistas durante o Boi Manaus 2019. Apenas um candidato será selecionado e integrará a programação.

Histórico

Em 2017, pela primeira vez, os artistas que se apresentaram no Boi Manaus foram avaliados por uma comissão que julgou os critérios performance, indumentária e qualidade musical.

Nesta edição, os dois artistas com as menores pontuações deixarão, automaticamente, a programação do Boi Manaus 2020, mas poderão concorrer com os demais inscritos às vagas abertas no ano seguinte. O objetivo é garantir a qualidade das apresentações, em respeito ao público que prestigia os artistas.

Em caso de dúvidas, os candidatos podem entrar em contato com a Diretoria de Eventos, pelo telefone (92) 3236-9387.

Thaís Waughan
Equipe Viva Manaus