Encontro "Caminhada Rumos", do edital "Rumos Itaú Cultural", em Manaus, no Instituto Amazônia - Foto: Leonardo Leão/Manauscult

Com o intuito de promover a representatividade da região Norte em um dos editais públicos pioneiros do Brasil, voltado a projetos da arte e da cultura brasileira, o Itaú Cultural realizou na noite da última quinta-feira, 10/10, no Instituto Amazônia, localizado no Centro Histórico de Manaus, a oficina de esclarecimentos “Caminhada Rumos”, sobre o edital cultural “Rumos Itaú Cultural”, que este ano completa 22 anos. O encontro contou com o apoio da Prefeitura de Manaus.

O projeto “Rumos” parte do princípio de abrir diálogos entre margens, periferias, centros e o Brasil interior, tendo como norte conceitos como: diversidade, hibridismo, geografias, territórios, polifonia, redimensionamento de fronteiras, dando início a um novo processo de busca pelo rumo da arte e da cultura brasileira, como ressaltou a gerente de comunicação do Itaú Cultural, Ana de Fátima Sousa.

“Esse é um programa cultural de apoio a artistas, pesquisadores, pensadores que trabalhem com o campo da arte e da cultura. A gente vem até Manaus justamente para convidar todos aqueles que desejam participar acreditando que serão representados no programa. Buscamos essa representativa do Norte nesse processo, porque sabemos do potencial dos artistas e dos projetos. O mais importante é que a gente está vivendo um momento em que os artistas e os pensadores precisam de um espaço e a gente está dizendo que temos esse espaço e que ele será ocupado por eles (artistas)”, disse Ana de Fátima.

Nesta edição, o programa buscou desburocratizar etapas como a inscrição, dispensando o anexo de documentos como carta de anuência, entre outros.

“Estamos priorizando esse primeiro momento para conhecermos melhor a ideia do artista, para que ele possa se preocupar somente em nos apresentar seu projeto, ganhando mais liberdade para se expressar e desenvolver sua ideia, sem estar preocupado com toda a burocracia de documentação e afins. Deixamos esse processo mais burocrático para resolvermos juntos nas etapas em que os projetos já foram ‘aprovados’ pela comissão”, pontuou o gerente de música do Itaú Cultural, Edson Natale.

Durante a oficina, foram apresentados vídeos com projetos já contemplados pelo programa. Dúvidas como tempo máximo de execução para o projeto contemplado, bem como orçamento, etapas da inscrição e recomendações, foram respondidas pelos agentes representantes do programa, Ana de Fátima Sousa e Edson Natale.

Rumos - Itaú Cultural

Edital

O programa ‘Rumos Itaú Cultural’ já recebeu mais de 64 mil projetos inscritos, com 1.400 iniciativas contempladas. O edital abrange projetos e trabalhos sobre cultura e arte brasileiras, em quaisquer expressões artísticas ou intelectuais, com aporte de até R$ 70 mil, após a curadoria de seleção do Itaú.

Para participar, o proponente deve realizar seu cadastro e o upload do seu projeto até o dia 18 de outubro, às 23h59 (22h59 em Manaus) por meio do site oficial. Todo o conteúdo da plataforma é acessível para pessoas com deficiência auditiva e visual. Na plataforma, também é possível conhecer os avaliadores da seletiva e sanar possíveis dúvidas das inscrições.

Jéssica Rebello
Equipe Viva Manaus