Lançamento do Observatur-UEA - Foto: Steffanie Schmidt/Manauscult

Com uma proposta inovadora de difundir informações estratégicas das atividades e projetos turísticos do Amazonas, o portal Observatur foi lançado nesta segunda-feira, 4/11, na sala do Conselho Universitário da Universidade do Estado do Amazonas (Consuniv), localizado na Reitoria, Avenida Djalma Batista, Flores.

A iniciativa é da UEA, em parceria com a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio-AM), Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), articulada pelo Grupo de Pesquisa Observatório do Turismo da UEA, sob coordenação das professoras Selma Batista e Márcia Raquel Guimarães.

De acordo com as docentes, o objetivo do portal é ser uma plataforma de acesso público e gratuito para residentes, turistas, pesquisadores, empresários e gestores públicos do Amazonas que queriam expor as mais diversas ações do Turismo local.

A plataforma servirá ainda para a divulgação sistemática de indicadores, boletins e relatórios das atuações características do setor no Amazonas. Além de propor a elaboração de manuais e metodologias de pesquisas, realizar capacitações e treinamentos em pesquisas, promover rede de intercâmbio de informações entre as instituições e manter atualizado o sistema de dados turístico da região para o ordenamento das gestões.

“Serão divulgados dados de pesquisas e estudos que contribuam para fomentar a cadeia produtiva do Turismo, e contribua ainda com o planejamento e a gestão dos agentes envolvidos com a área. Começaremos com séries históricas que permitam dar continuidade às publicações periódicas”, disse a professora Selma.

A coordenadora destaca também que, no Brasil, são 26 observatórios parceiros da Rede Brasileira de Observatórios de Turismo. Desse total, a UEA passa ser a quarta universidade do país a implantar o sistema, seguindo as orientações da Organização Mundial do Turismo (OMT), estruturando um observatório para tratar informações e dados locais.

As ações de monitoramento do Observatur-UEA serão orientadas a subsidiar a criação e a manutenção de mecanismo de gestão e desenvolvimento do setor, assim como o fortalecimento da rede de pesquisadores e instituições que tenham produções de conhecimento cientifico em Turismo com as políticas públicas e práticas mercadológicas.

O endereço eletrônico do Observatur já está disponível.

Com informações de assessoria