Tribuna popular sobre o dia da Cultura, com a participação do diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula - Foto: Leonardo Leão/Manauscult

Na manhã desta quarta-feira, 6/11, a Prefeitura de Manaus apresentou ações voltadas às políticas culturais do município em uma tribuna popular realizada no Plenário Adriano Jorge, da Câmara Municipal de Manaus (CMM), no Santo Antônio, zona Oeste. A tribuna contou com a participação do diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula, que falou sobre conquistas da gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto e projetos em andamento, além de ouvir sugestões e melhorias para as políticas públicas do âmbito cultural.

A tribuna foi proposta pelo vereador Professor Gedeão Amorim, presidente da Comissão de Cultura e Patrimônio Histórico (COMCPH), em alusão ao Dia Nacional da Cultura, comemorado no dia 5 de novembro. Compondo a mesa estiveram presentes também o presidente da CMM, vereador Joelson Silva, o secretário-geral da CMM, vereador Wallace Oliveira, e o vereador Gedeão, além de 37 parlamentares.

Na ocasião, o diretor-presidente da Manauscult destacou o projeto desenvolvido em prol do Centro de Histórico de Manaus, um dos principais objetivos da gestão, e que já conta com obras entregues, como as revitalizações da praça da Matriz, avenida Eduardo Ribeiro, Paço da Liberdade, que hoje é a sede do Museu da Cidade de Manaus, Centro Cultural Óscar Ramos, e ações consolidadas como o Festival Passo a Paço, recentemente integrado ao calendário oficial da capital por meio de lei.

“O Passo a Paço nasceu na gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto, com o objetivo muito claro de ocupar com cultura o Centro Histórico de Manaus. São passos ao redor do Paço Municipal, como se fosse uma grande mancha positiva que estivesse revitalizando todo aquele entorno. É muito mais do que um evento, são marcos que ficam de forma perene no centro histórico”, afirmou Bernardo.

Ele também enfatizou a parceria estratégica com a Câmara Municipal de Manaus para a aprovação de leis que contribuem para o fomento da cultura local. Entre as ações, por exemplo, estão a regulamentação da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e do Sistema Municipal de Fomento à Cultura (Siscult), que determina que parte do orçamento da Manauscult deve ser aplicado em políticas públicas de apoio ao Carnaval, folclore e cultura popular, artes e demais áreas da cultura.

Para o vereador Gedeão Amorim, a tribuna foi uma das mais bem movimentadas, com a participação de quase 50% dos vereadores realizando destaques à gestão das políticas culturais, bem como algumas críticas pontuais, porém, absolutamente resolutivas.

“Tudo isso é uma imensa contribuição para o desenvolvimento das políticas públicas de cultura. Acho que estamos avançando sistematicamente, com a realização de uma política de cultura mais republicana do que em tempos passados, que eram decisões discriminatórias. Estamos criando condições para que as comunidades e pessoas talentosas possam se manifestar e aparecer no cenário artístico da cidade”, concluiu.

Tribuna Popular sobre o dia da Cultura 06.11.2019

Thaís Waughan
Equipe Viva Manaus