Contém Dança Cia. - Foto: Divulgação

Encerrando a programação do “Motim: circuito de intervenções na rua”, a Contém Dança Cia. realiza duas atividades gratuitas no começo de dezembro: a primeira é a intervenção artística “A Rua Dança”, e a segunda é a oficina “Corpo: sujeito – protagonista, sensível e criativo”. As atividades contam com o apoio da Prefeitura de Manaus.

Oficina

A oficina “Corpo: sujeito – protagonista, sensível e criativo” acontece na quinta-feira, 5/12, às 18h, na Escola Superior de Artes e Turismo da Universidade do Estado do Amazonas (Esat/UEA),  na Av. Leonardo Malcher, 1728, Praça 14.

A facilitadora é Francis Baiardi, graduada em Dança pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e mestranda em Ciência da Educação pela Universidade da Integração das Américas. Além disso, a artista, pesquisadora e professora também dirige a Contém Dança Cia. em Manaus.

O foco da oficina é realizar um estudo prático criativo sobre o trabalho da artista, fortalecendo a dança e seus processos de criação a partir de propostas contemporâneas.

Podem participar professores, artistas e estudantes da dança, teatro, circo, artes marciais, yoga e demais atividades que envolvam o corpo em movimento. Serão ofertadas 15 vagas, e os interessados devem chegar com 30 minutos de antecedência ao local.

A Rua Dança

Além da oficina, a Contém Dança Cia também realiza uma intervenção artística. Intitulada “A Rua Dança”, a performance busca usar a expressão corporal para debater segurança, moradia e meio ambiente. O projeto já foi contemplado no Edital Prêmio Funarte Artes na Rua (Circo, Dança e Teatro), em 2014.

A intervenção contará com duas apresentações: a primeira será na sexta, 6/12, na Rua Marechal Deodoro, Centro, às 9h. Já a segunda fecha a programação do circuito “Motim” no sábado, 7/12, na Praça da Glória, localizada na Av. Presidente Dutra, Santo Antônio, às 19h.

Motim

O projeto “Motim: circuito de intervenções na rua” compreendeu uma série de atividades entre novembro e dezembro. Contou com quatro intervenções de rua (“Contato Sonoro”, “Encruzilhada”, “Recolon” e “A Rua Dança”) e quatro oficinas (“Imersos na ação”, “Estéticas periféricas na dança – Encruzilhadas”, “Consciência e expressão corporal” e “Corpo sujeito: protagonista, sensível e criativo”).

A equipe do circuito é composta por Ana Carolina Souza (direção artística), Keila Serruya (produção), Camila Soares (assistência de produção), e Rosana Brito, Felipe Fernandes e Mabrini Muniz (apoio de produção). O circuito foi contemplado pelo Edital Prêmio Manaus de Conexões Culturais 2018, da Prefeitura de Manaus.

Com informações de assessoria