Suanam Espaço Cultural
Suanam Espaço Cultural - Foto: Divulgação

Unindo mulheres de diferentes cantos do país em uma grande roda de samba, o projeto Mulheres do Brasil ganha sua primeira apresentação neste sábado, 14/3, a partir das 17h, no Espaço Cultural Suanam, localizado na Rua Ferreira Pena, 139, Centro. Os ingressos já estão à venda na plataforma Sympla, no valor de R$ 20 (1º lote) + taxa de conveniência, e também podem ser adquiridos na entrada.

O Projeto de Samba Mulheres do Brasil surgiu, primeiramente, como um desejo da musicista Rafaela Bittencourt de enxergar mulheres ao seu lado em uma roda de samba em Manaus. O projeto saiu do papel após viagens por diferentes cidades do Brasil, em que os encontros e reencontros sempre aconteciam em torno do samba e do trabalho de outras musicistas incríveis.

Natural de Belém do Pará, e acolhida por terras barés, Rafaela decidiu reunir todas essas potências do samba em Manaus, por acreditar ser um jeito bem perspicaz de apresentar seu novo lar para as amigas e, ao mesmo tempo, fazer o velho e bom samba com todas elas.

A ideia de unir sororidade e música foi ganhando aos poucos novas adeptas: Adryanne Sales e Ticiana Rachide engrossam o caldo da organização, juntamente com Rafa, parceiras de eventos e sambas, uma baiana e outra manauara. Formou-se, então, a combinação perfeita para levar o projeto à frente. Três mulheres ligadas à música, naturais de diferentes lugares desse país multicultural e todas residentes do Amazonas.

A primeira apresentação do projeto conta com a participação das musicistas: Brenna Freire (CE), no cavaco; Theresa Rachel (CE), no violão e voz; Tatá Jatobá (AM), na voz e efeitos; Leka Denz (RS/RR), voz e efeitos; Cacau Sinimbu (PA), voz e efeitos; Narrila Bessa (RR), no pandeiro; Sabrina Sindra (PA), na percussão geral; Gabriela Brasil (AM), no tantan e efeitos; Rafaela Bittencourt (PA/AM), no surdo, efeitos e voz.

Contando com um repertório que vai passar do clássico ao samba moderno, o Projeto Mulheres do Brasil vai contar com muita musicalidade e imersão, garantindo o que há de melhor desse ritmo que se consagrou como uma face da cultura brasileira, com leveza e força peculiares de nossas mulheres.

Programação – 14/03 (sábado)

17h – DJ Melka
19h30 – Mulheres do Brasil
22h30 – Antônio Bahia

Com informações de assessoria