Edital ‘Prêmio Zezinho Corrêa Manaus 2021’ bate recorde com 951 artistas inscritos

A Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), encerrou na noite desta segunda-feira, 10/5, as inscrições para o edital “Prêmio Zezinho Corrêa Manaus 2021”, que recebeu 951 propostas artístico-culturais para concorrer em nove segmentos: artes visuais, audiovisual, circo, dança, hip hop, literatura, manifestações culturais, teatro e música. Os prêmios, que vão de R$ 1.900 até R$ 10 mil, contemplam mais de 300 projetos, representando um investimento direto de mais de R$ 1 milhão na cadeia econômica da cultura.

“Assim como as demais classes trabalhadoras, os artistas manauenses foram muito afetados pela pandemia da Covid-19, daí a necessidade de destinar recurso municipal para apoiar, fomentar e impulsionar a economia criativa, bem como projetos de produção e difusão artístico-cultural. Ao todo, estamos investindo, por meio de dotação orçamentária no Sistema Municipal de Fomento à Cultura (Siscult), R$ 1.005.500 (Um milhão, cinco mil e quinhentos reais)”, informou o prefeito David Almeida.

Para o diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, o edital representa um fôlego para a classe dos artistas locais, principalmente, diante desse momento difícil que os trabalhadores vêm enfrentando. “Estamos extremamente felizes com o número recorde de inscritos, especialmente, por se tratar de verba municipal, o que representa o olhar atento do prefeito David Almeida a este grupo, que em 100 dias disponibilizou o Edital Prêmio Zezinho Corrêa Manaus 2021. Agora, todos os nossos esforços estão voltados para validação e seleção dos projetos”, ressaltou Oliveira.

Foram mais de 50 dias de inscrições, a contar da publicação no Diário Oficial do Município (DOM). A partir de agora, uma equipe formada por técnicos do setor de Cultura da prefeitura irão analisar, no prazo de 72 horas, toda a documentação enviada pelos concorrentes, que devem acompanhar a divulgação das etapas, resultado final, homologação e demais processos relacionados ao Edital Prêmio Zezinho Corrêa Manaus 2021, através do DOM pelo endereço eletrônico http://dom.manaus.am.gov.br, replicado no site vivamanaus.com.

Segundo Alonso Oliveira, as premiações atendem à determinação do prefeito David Almeida de contemplar o teto máximo de projetos, para que sejam fortalecidas as políticas públicas para a cultura, operado por meio de editais. “O objetivo é o fomento às atividades artístico-culturais no âmbito do município de Manaus, por meio do estímulo à produção, formação e difusão cultural, assim como a promoção, a democratização e o acesso aos bens culturais e, ainda, o estímulo às dinâmicas culturais locais e à criação artística”, disse.

A Manauscult vai analisar a documentação referente à habilitação jurídica e regularidade fiscal; sanar as falhas na documentação (os proponentes que forem inabilitados por documentos faltantes ou incompletos serão convocados para sanar as eventuais falhas no prazo máximo de dois dias úteis) e analisar os projetos de caráter classificatório e eliminatório.

Os formatos dos projetos contemplados, assim como suas contrapartidas, estarão inseridos nas seguintes modalidades: podcast, vídeo, e-book, live e propostas formativas. Neste último, o principal objetivo é fazer com que os artistas atuem como agentes formadores, contribuindo para o aprendizado e qualificação, inclusive de novos artistas, por meio de oficinas, workshops, palestras, debates, videoaulas, entre outras atividades, tudo por meio das plataformas virtuais, de maneira gratuita.

Divulgação

A expectativa é de que a homologação final seja publicada no DOM até o dia 6 de agosto de 2021, quando os vencedores serão conhecidos. Todo o processo será acompanhado e auditado por técnicos e comissão jurídica da Prefeitura de Manaus.

— — —

Texto – Emanuelle Baires / Manauscult

Foto – Oliveira Júnior / Manauscult