Prefeitura de Manaus lança cursos de Imagem Pessoal e Marketing Digital para artistas manauaras

Os artistas manauaras que têm passado pelo desafio de gerir suas carreiras no modo on-line, durante este longo período de pandemia, ganharam da Prefeitura de Manaus, por meio de uma ação transversal entre a Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi) com a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e o Conselho Municipal de Cultura (Concultura), nesta terça-feira, 15/6, um novo edital com cem vagas gratuitas em cursos de Imagem Pessoal e Marketing Digital, destinados aos profissionais das artes.

O projeto “Qualifica Artista Manauara: o sucesso depende de você” atende a uma orientação do prefeito David Almeida que além de dar assistência emergencial, ofertar também capacitação e qualificação profissional a todos os artistas residentes em Manaus, atuantes nos vários segmentos da arte, a fim de impulsioná-los e despertá-los para o próprio sucesso, favorecendo o engajamento profissional de sua carreira.

O presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, ressaltou que esta ação de qualificação profissional se soma a uma série de medidas que o prefeito David Almeida tem tomado para apoiar e socorrer os artistas, produtores e técnicos do setor cultural que têm sofrido com a longa pandemia que atinge a todos e fortemente a esses profissionais que dependem dos eventos que estão proibidos.

“Estamos trabalhando e entregando as ações contidas no programa de governo desde a criação dos editais Zezinho Corrêa e Mário Tadros, bem como, antecipamos o lançamento dos Prêmios Literários e estamos trabalhando na simplificação para o funcionamento do Fundo Municipal de Cultura (FMC)”, relatou Oliveira.

Ele anunciou que o projeto maior será a criação do Distrito da Indústria Criativa que tem potencial de gerar muitos empregos, unindo a cultura, o turismo, a culinária e o artesanato.

Para o presidente da Semtepi, Radyr Júnior, a parceria com a Manauscult e Concultura desde os primeiros momentos do governo, fortalece as ações.

“Em um trabalho de integração a gente vai mais longe para entregar e atingir com ações, mais pessoas. Ou seja, é mais qualificação para uma maior quantidade de profissionais”, aponta.

Ele destaca que estes cursos serão feitos nos espaços da Galeria dos Remédios como estratégia de ocupação e movimentação do centro de compras, realizando ações transversais.

A parceria entre as secretarias é fundamental para a formação e a qualificação dos artistas para que eles possam potencializar sua arte e seu trabalho e obter resultados, ressaltou o presidente do Concultura, Tenório Telles.

Como destacou o presidente da Manauscult, o futuro desse conglomerado de talentos vai compor o Distrito da Indústria Criativa, gerando empregos para muitos profissionais da indústria cultural, além dos tributos à municipalidade.

“Às vezes, todos precisamos de apoio para melhorar nosso trabalho e os artistas são um exemplo disso. Eles são o seu próprio produto com sua criatividade, imaginação e arte, e precisam em sua maioria saber como tornar mais rentável seu trabalho. E as ferramentas são o marketing digital e o pessoal”, pontua Telles.

Artistas

Para a presidente da Associação de Cultura do Estado do Amazonas (Aceam), Rosa dos Anjos, o edital de qualificação lançado é uma tábua de salvação para muitos artistas que estão impedidos de venderem em feiras e eventos.

“O Qualifica Manauara é para fazer com que o artista entenda que ele, onde estiver, pode criar e vender suas obras em qualquer ponto do planeta, via internet”, disse.

O escritor e professor João Paulo Tukano é um articulador cultural dos povos indígenas e um dos criadores dos espaços de culinária e medicina indígena, localizados na rua Bernardo Ramos, no Centro Histórico de Manaus.

Ele vai divulgar e incentivar a inscrição dos artistas indígenas no edital Qualifica Manauara. João Paulo é curador da 1ª. Mostra de Arte Indígena de Manaus que está sendo programada para o mês de julho.

“Nossa cultura ancestral tem um grande valor para a indústria cultural”, ratifica.

Inscrições

O edital é voltado a artistas manauaras, que tenham a partir de 16 anos de idade, com ensino fundamental completo. Os interessados devem baixar o edital e preencher o formulário disponível em (semtepi.manaus.am.gov.br), nesta quarta-feira, 16/6, das 9h às 15h, para realizar sua pré-inscrição e escolher o curso que deseja realizar.

O preenchimento do formulário garante a inscrição desde que haja vagas disponíveis. Quando as inscrições baterem o dobro de inscritos, a plataforma será bloqueada automaticamente ou a opção de escolher o curso indicado sumirá.

Os cursos serão realizados presencialmente no Anexo do Escritório do Empreendedor, localizado na rua Miranda Leão, 82, Centro, Zona Sul, nos dias 21 e 22 de junho.

— — —

Texto – Cristóvão Nonato / Concultura

Foto – Walter Barbosa / Concultura