Prefeitura realiza oficina em planejamento de atividades turísticas para o memorial Encontro das Águas

A Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), realizou, na manhã desta quinta-feira, 18/11, para mais de 50 pessoas, uma oficina sobre planejamento de atividades turísticas, na comunidade Colônia Antônio Aleixo, zona Leste, com o objetivo de debater e desenvolver o potencial de atividades turísticas da área onde será construído o Memorial Encontro das Águas – Parque Rosa Almeida.

 

A oficina, ministrada pelo secretário de Turismo do município de Rio Preto da Eva, Ronisley Martins, foi acompanhada de perto pelo diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, pela diretora de Turismo da Manauscult, Oreni Braga, e pelo presidente da Comissão de Turismo da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador William Alemão (Cidadania).

 

Conforme a diretora de turismo da Manauscult, Oreni Braga, essa é a primeira oficina, que busca legitimizar todas as ações anteriores realizadas pela Manauscut, como o levantamento das possibilidades de atividades turísticas, não somente no memorial, mas, também, no entorno da área.

 

“Realizamos diversas visitas na área e a Manauscult resolveu validar todo esse trabalho integrado entre as secretarias municipais, além de outros órgãos estaduais, que trabalham diretamente com o turismo, e que estão envolvidos nesse processo de construção, a partir da criação desse encontro. É interessante falar que essa oficina não tem começo, meio e fim, ela está desenhando todo um trabalho participativo, em que as lideranças comunitárias estão fazendo parte da oficina. Essa é uma forma de trazer todos os parceiros, discutir com eles as oportunidades, ameaças, fraquezas e forças, para sabermos exatamente como podemos planejar essas atividades turísticas para o memorial”, destaca a diretora.

 

Com carga horária de 4 horas, além de orientar sobre os potenciais turísticos do local, a oficina também abordou sobre a técnica de moderação participativa, atrativos naturais, produtos e serviços na área do Turismo.

 

Para o vice-presidente da Fecomércio do Amazonas e membro do Conselho Municipal de Turismo, Paulo Tadros, a construção do mirante Encontro das Águas vai impulsionar ainda mais o turismo na região.

 

“Nossa cidade estava há muito tempo sem previsão de um atrativo turístico, e essa é uma área diferenciada, realmente muito bonita e deslumbrante, pela beleza natural que temos aqui na nossa região, que merece receber um atrativo, levando em consideração a preservação dos arredores desse lugar icônico, onde você consegue ter uma bela vista do Encontro das Águas. Esse, com certeza, será mais um local para o impulsionamento do turismo na capital amazonense”, apontou.

 

O presidente da associação do bairro Colônia Antônio Aleixo, Júnior Estevam, falou que  a oficina é importante para a comunidade compreender todo o processo de construção do mirante, além dos projetos de turismo voltados à área.

 

“Essa oficina é essencial para a nossa comunidade. Estamos conhecendo mais sobre o projeto e discutindo o passo a passo para a construção do mirante. Estamos felizes em integrar essas ações da Manauscult, por isso, estamos prestigiando, participando e buscando nos capacitar ainda mais, para receber os turistas” concluiu Estevam.

 

Estiveram presentes na oficina representantes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf); Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi); Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb); Secretaria Municipal de Finanças e Controle Interno (Semef); Fundo Manaus Solidária (FMS); Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc); Sebrae no Amazonas; Associação Brasileira de Jornalistas e Escritores de Turismo (Abrajet); Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan); Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa); Abav-AM; Câmara Municipal de Manaus (CMM); Comitê Municipal de Gestão Estratégica; Capitania dos Portos; Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam); Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman); Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac); Universidade Federal do Amazonas (Ufam); e Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

 

Memorial Encontro das Águas – Parque Rosa Almeida

 

A construção do Memorial Encontro das Águas – Parque Rosa Almeida, na zona Leste, ainda está em projeto, na fase de prospecções e etapa de estudos, para a sua implantação e detalhamento, de acordo com o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb). Foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer em 2005, na gestão do atual deputado estadual Serafim Corrêa, à época, prefeito de Manaus.

 

A proposta está recebendo novos estudos para sua implantação e atualização, incluindo um heliponto e um sky glass, plataforma estaiada de vidro e aço, com uma altura entre 50 e 60 metros, com visão panorâmica e um elevador para acesso à faixa de praia.

 

O cronograma prevê a entrega do grande monumento, provavelmente no primeiro semestre de 2023. Como ainda necessita de projeto básico e executivo, após os estudos de implantação, e lançamento de licitação, a previsão do início das obras é para até o segundo semestre de 2022.

 

O arquiteto Niemeyer desenhou uma estrutura em concreto armado, na sua assinatura de reinterpretação de materiais modernos e volumes puros, na relação arte-arquitetura. Para o parque, há o contraste geométrico entre formas arquitetônicas orgânicas, a representação dos rios, com a natureza exuberante.

 

— — —

Texto – Keize Pedrosa / Manauscult

Foto – Oliveira Junior